Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 39

ImprimirA coloração deu errado.E agora?

Avalie: 12345

Especialistas dizem por que a tintura pode dar errado e o que os profissionais de beleza devem fazer para corrigir o erro

texto: Márcia Britto | fotos: divulgação

Coleção Kubrica de RizosQuantas vezes você ficou sabendo de uma pessoa que foi ao salão de beleza para mudar o tom do cabelo e saiu descontente porque o resultado não foi o que ela esperava? E de alguém que desejava retocar a raiz e teve que ouvir as explicações do cabeleireiro justificando a mudança radical de tom?

Na maioria das vezes, essas situações acontecem por erro do profissional, que interrompe o processo de tintura antes ou depois do tempo ideal. “O produto fica agindo o tempo todo, e é um erro deixar o cabelo exposto à química mais do que o recomendado. Por isso, é importante estar seguro de que a equipe tem bons coloristas”, recomenda Manno Escobar, do Manno Escobar Cabeleireiro.

Para minimizar o risco de erro, antes de iniciar a coloração, é preciso fazer uma análise do cabelo do cliente, para que se tenha certeza de que o que ele quer é o melhor para os fios. “O cliente pode escolher uma cor que não combina, e o cabeleireiro tem a obrigação de orientá-lo”, diz Rodrigo Cintra, hairstylist do Studio W e do programa Esquadrão da Moda, do SBT.

A avaliação do cabelo também é apontada como crucial por Sandra Damas, gerente de formação da L´Oréal Professionnel. “O principal erro é o de diagnóstico. Nesse passo, o profissional precisa considerar o percentual de brancos, a altura de tom e de reflexo do comprimento e das pontas, o histórico da fibra capilar e o desejo do cliente. Também ocorrem erros durante a aplicação: pouco produto, mistura incorreta, tempo de pausa e puxar o produto da raiz para o comprimento e as pontas, perdendo na cobertura de brancos e deixando os fios manchados”, diz.
 

Confira também:

Reparador de pontas, afinal, vale a pena usar?

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se