Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 19

ImprimirA Era dos Serviços

Avalie: 12345

O Marketing, aliado aos serviços prestados, é uma poderosa ferramenta para os profissionais que precisam criar um diferencial e incorporar a excelência em seu negócio.

Os profissionais que realmente se preocupam em oferecer, diariamente, a seus clientes um serviço memorável têm a sua disposição um grande aliado. O Marketing de Serviços possibilita àqueles que atuam na área de prestação de serviços obterem uma visão prática de como agregar valor a seu negócio, desenvolvendo uma série de ações para aumentar o diferencial competitivo de seu salão.

Com mais de 18 anos de experiência atuando em diversos níveis na área de beleza, desde lavar cabeças até à gerência de salão, e ainda ter ficado à frente de grandes empresas nacionais e internacionais, com projetos na área de serviços junto ao departamento educacional, sempre busquei contribuir para o aprimoramento daqueles que fazem da beleza a sua principal razão de viver. Por isso, nos últimos seis anos dediquei-me intensivamente a pesquisar métodos científicos e práticos, dentro e fora do mercado, que pudessem ser utilizados como fonte de inspiração na condução da prestação de serviços ajudando a transformar “simples salões” em verdadeiras “empresas de beleza”, tanto em consciência quanto em responsabilidade.

Gerir um salão de beleza exige saber lidar tanto com a complexidade da natureza humana quanto com regras lógicas e sistemas operacionais complicados. E a abordagem que iremos fazer a respeito de Marketing de Serviços pretende levar os profissionais a questionarem seus métodos de trabalho e sua maneira de encarar o mercado, seus colegas de profissão e clientes. Procuraremos ainda fazer com que haja uma auto-reflexão sobre ética profissional, estratégia de negócios, processos internos e desenvolvimento pessoal e profissional.

Essa necessidade surge devido à transformação pela qual vem passando a área de beleza, que nada mais é do que o puro reflexo do amadurecimento do cliente, que consciente de seus direitos tem elevado o nível de exigência de produtos e serviços, fortalecidos pelo poder da escolha, dado o número de bons profissionais que hoje estão no mercado. E para aqueles que acham que a situação é ruim, o prognóstico não é nada favorável, pois a tendência é aparecer novos profissionais no mercado, cada vez mais bem preparados; o que antes um cabeleireiro demorava anos para aprender, os novos hairstylists conseguirão em meses, por isso a diferença não estará no resultado em si, ou seja, não será o cabelo bem cortado que irá fazer a diferença, mas a “experiência” que o cliente passa para obter esse corte, que está quase no fim do ciclo. A verdade é que em serviços os clientes julgam a qualidade tanto pelo resultado quanto pela experiência. Sendo assim, somente aqueles que forem capazes de contar com equipes motivadas e comprometidas poderão dar ao cliente um algo mais e serem percebidos como um salão diferenciado. Mais do que nunca é preciso inovar!

Todos os conceitos dessa nova postura que se espera de profissionais e empresas da beleza serão amplamente discutidos nesta coluna, daqui pra frente. Espero que as matérias apresentadas possam ser úteis, como fonte de inspiração, para aqueles que têm a nobre tarefa de tornar o ser humano ainda mais belo, como ouvi certa vez de um amigo, Alexandre Tsaldaris: “Deus fez o homem a sua imagem e semelhança, mas na sua perfeição Deus deixou algo inacabado, por isso criou o cabeleireiro para concluir sua obra”. Esta foi uma das mais belas definições que já tive o prazer de ouvir sobre o que é ser um profissional de beleza. Acredito que quando um profissional encara sua atividade com essa magnitude seja um belo início para se diferenciar.

Reflita essa idéia e até a próxima edição!

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se