Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 41

ImprimirAlooooooooooooongue seus fios

Avalie: 12345

apliques (3)As técnicas de alongamento capilar ganham cada vez mais adeptas que sonhavam com cabelos compridos

texto: Eder Garrido | fotos: Nila Agency Milan e divulgação

Toda mulher já sonhou em ter cabelos dignos de propaganda de xampu: brilhantes, lindos e compridos. Bem compridos. Mas quem não tem as madeixas longas não precisa mais se conformar com a sorte que a natureza deu. De alguns anos para cá, as técnicas de alongamento capilar se tornaram populares, requisitadas e acessíveis.

Quase não há restrições quanto ao uso do megahair e dos apliques instantâneos. “Somente cabelos muito finos ou que tenham sido submetidos a químicas excessivas devem evitar alguns procedimentos”, diz o cabeleireiro Marcelo Bessa, do salão Bessa’s Fashion Hair. “O mais aconselhável é que o profissional faça um diagnóstico prévio para avaliar a saúde do fio e do couro cabeludo”, acrescenta Letícia Chaves, professora do curso de Visagismo e Estética Capilar da Universidade Cruzeiro do Sul.apliques (2)

Imaginar o motivo principal que leva as mulheres a serem loucas por alongamentos não é difícil. “Para elas, cabelo é sinônimo de poder. E os fios compridos funcionam como uma injeção de autoestima”, diz Laiz Milesi, do salão Di Milesi. No Brasil, madeixas longas são muito valorizadas, e os apliques fazem sucesso por proporcionar uma mudança relativamente rápida.

Há dois anos a analista de negócios Fabiane Freire Barros aderiu ao megahair e não pensa em abandoná-lo mais. “Quando mudei de visual, a maioria das pessoas se espantou. Hoje, muitas dizem que não me imaginam de cabelos curtos”, conta ela, que optou pela técnica fio a fio e utiliza um modelo cacheado de 70 cm.

Além do megahair, outras técnicas populares de alongamento são o nó italiano, indicada para cabelos cacheados, crespos e sem volume; o entrelaçamento, na qual fios são costurados a uma tiara de tela e unidos aos cabelosapliques (6); a faixa, em que os cabelos naturais são costurados em uma faixa de silicone fixada no cabelo com fita dupla face; e o tic tac, que a própria cliente pode colocar e retirar.

Segundo Geyson Batista, proprietário do salão Vigo Hair, o momento de escolher um aplique requer muita atenção, e o profissional precisa levar em consideração alguns aspectos do fio, como a ondulação, a textura e a cor natural do cabelo, que deve ser idêntica à do material aplicado. Caso o cliente compre os cabelos fora do salão onde fará a aplicação, é importante que procure um estabelecimento de confiança.

Galeria de fotos:

  • apliques (1)
  • apliques (2)
  • apliques (3)
  • apliques (4)
  • apliques (5)
  • apliques (6)
  • apliques (7)
  • apliques (8)

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se