Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 45

ImprimirAo gosto do cliente

Avalie: 12345

entrevista_internacional (3)Alinhar a criatividade às tendências de cada época é um dos segredos da rede Selvaggio para atender plenamente seus clientes. Quem nos conta tudo é Simone Zangheri, diretor artístico do Selvaggio Team

reportagem: Renata Vieira | texto: Liana Pires | fotos: Artbox snc

Cabeleireiros.com: Quais foram as principais evoluções em conceitos e técnicas nesses 30 anos da marca Selvaggio?
Simone Zangheri:
Para nós, sempre foi importante o aprimoramento das técnicas como forma de otimizar o tempo e enriquecer os trabalhos realizados. Com as mais novas tecnologias disponíveis e muita pesquisa de mercado, apresentamos as melhores oportunidades para os clientes, além de executar com precisão as tendências de corte e coloração do momento.

C.C.: Inovar é tarefa difícil em um mundo em que tudo parece já ter sido inventado. Como a Selvaggio Academy estimula a criatividade dos profissionais?
S.Z.:
Por meio de uma cuidadosa investigação dos detalhes de cada visual e das sensações do cliente,
assim como das tendências passadas e presentes.

entrevista_internacional (1)C.C.: A ousadia é um conceito marcante no trabalho da rede. As italianas não têm medo de diversificar seus cortes e cores de cabelo?
S.Z.:
Cada mulher sonha em ter uma beleza exclusiva e extraordinária. Na Itália, as clientes Selvaggio esperam que o profissional leve em conta sua individualidade e crie um estilo único de corte e cor de cabelo. Alcançar essa diferenciação e satisfação total do clinte é a nossa alegria.

C.C.: O que classifica uma ideia como realmente boa e inovadora?
S.Z.:
Quando o profissional domina a teoria e as técnicas, ele pode colocar em prática qualquer ideia, e só por isso ela já é inovadora. Hoje, para se manter na profissão é fundamental renovar os pensamentos e mudar constantemente a visão que se tem de futuro.

C.C.: Quais são as características fundamentais para quem deseja ser um hairstylist de sucesso?
S.Z.:
São necessários conhecimento dos métodos de trabalho e uma grande atenção aos detalhes. Observar o que os colegas de profissão fazem ou já fizeram, assim como o que as pessoas andam usando nas ruas, é o primeiro passo para trilhar um desenvolvimento profissional contínuo.

entrevista_internacional (2)C.C.: Quais são as principais cidades do mundo para descobrir e estudar tendências na área da beleza?
S.Z.:
Nova York, Roma, Londres, Paris e Milão. Historicamente, essas cidades são importantes no mundo da moda e da beleza. Mas não é somente a tradição que faz um local se tornar referência. Antes de considerá-lo, é preciso notar sua evolução, se os profissionais da beleza se atualizaram... Como moro na Itália, posso dizer que aqui se respira um ar diferente...

C.C.: É possível ter um cabelo digno de editorial de moda sem perder a praticidade no dia a dia?
S.Z.:
A moda hoje faz parte da vida cotidiana. O grande desafio do profissional da beleza é trazer propostas inovadoras para uma aparência normal sem cair no ridículo. Afinal, não é preciso ter um look à la Lady Gaga para ser original, certo?

C.C.: Então, quais são as principais preocupações no momento de criar um visual?
S.Z.:
Para começar, é importante estabelecer uma comunicação eficaz com o cliente. Isso permite alinhar as nossas intenções com as dele, conhecê-lo melhor e “calibrar” o olhar para o que ele deseja. Nesse momento, é preciso levar em conta o estilo, a rotina, o trabalho, a altura e, também, a estrutura do cabelo. Só assim é possível olhar sob medida para cada um.

entrevista_internacional (4)C.C.: Em geral, como são os cuidados da mulher italiana com o cabelo?
S.Z.:
Hoje, as mulheres são muito mais atentas à qualidade dos produtos que são utilizados no salão de beleza. Assim, o profissional tem o dever de atender aos seus anseios usando produtos eficazes e sugerindo cosméticos de manutenção que atendam às necessidades de cada cliente. O cabelo saudável virou hit. Essa é uma nova maneira de pensar a cultura do bem-estar físico e mental. O profissional que não entende essa mudança fica defasado. É preciso estar atento ao comportamento das pessoas e manter o ritmo e o estilo de trabalho alinhados com a época.

Galeria de fotos:

  • Entrevista internacional: Simone Zangheri
  • Entrevista internacional: Simone Zangheri
  • Entrevista internacional: Simone Zangheri - Coleção Provocation | Selvaggio Team
  • Entrevista internacional: Simone Zangheri - Coleção Provocation | Selvaggio Team

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se