Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 46

ImprimirBeleza (quase) abaixo de zero

Avalie: 12345

beleza_de_inverno (3)Aproveite o friozinho do inverno para ensinar cuidados simples que garantem beleza absoluta

texto: Renata Vieira | fotos: divulgação

Algumas pessoas podem até não gostar e sentir saudades do sol, mas não há como negar que o inverno também possui seu charme. Além das roupas elegantes, dos ambientes intimistas e das bebidas quentes que convidam a longas conversas, essa estação pode ser ideal para os cuidados com a beleza. Os cabelos ficam bonitos e brilhantes por não sofrer agressões solares, sem contar que as escovas duram bem mais. Então, que tal dar uma verdadeira consultoria a seus clientes?

Queda de cabelo
A menor frequência na lavagem dos cabelos, aliada a alimentação reforçada, cremes em excesso e água do banho quente, resulta em maior queda dos fios. Além disso, a época propicia o aparecimento da caspa e a descamação, que podem ser evitadas com uso de xampus adequados. “Prefira os que contêm zinco. Esse elemento combate a caspa sem ressecar as madeixas”, recomenda a dermatologista Ligia Kogos.

A frequência das lavagens deve ser reduzida? O cabeleireiro Carlos Jamayka, do Salão Santo Frio, em São Paulo, orienta que nada precisa ser mudado na rotina, desde que se use xampus adequados para cada tipo de cabelo. Ele recomenda, também, que se evitem reflexos e colorações constantes se os fios estiverem ralos ou apresentarem dificuldade de crescimento. “Nessa época, as pessoas optam por tinturas mais escuras ou simplesmente voltam à cor natural. Para a qualidade das madeixas isso é ótimo”, lembra. Outra dica é nunca dormir com o cabelo molhado, porque isso acumula fungos que danificam tanto os fios quanto o couro cabeludo.

Para “poupar” os cabelos, deve-se adotar alguns hábitos saudáveis, como evitar o fumo, praticar atividades físicas, manter-se dentro do peso indicado, incluir verduras, frutas, legumes e proteínas na alimentação, moderar a quantidade de açúcares e gorduras e controlar o estresse. Assim, fica mais fácil chegar ao verão com o cabelo novo em folha.

beleza_de_inverno (4)Pele ressecada
Cada tipo de pele requer um cuidado. As normais e secas, que possuem poros fechados e menos propensão a cravos e espinhas, tendem a ficar ressecadas. Por isso, precisam de sabonetes de limpeza suave e cremes hidratantes de dia e nutritivos à noite.

Já as peles com poros dilatados e tendência a cravos e espinhas, podem piorar com cremes oleosos, por mais que o clima esteja frio. Nelas, a limpeza diária deve ser caprichada. Adote sabonetes e loções adstringentes livres de óleo, hidratantes suaves, assim como cremes noturnos à base de vitamina C e ácidos suaves.

Os hidratantes diurnos devem conter filtro solar para que a proteção seja completa. Nas formulações, silicones, ureia, alantoina, pantenol, ceramidas e lactatos conferem blindagem extra contra ressecamento e asperezas. Esses ativos formam películas protetoras que impedem a perda excessiva de água da pele.

A pele do pescoço é delicada e, por isso, sujeita a alergias e irritações. Então, os hidratantes faciais podem, sim, ser aplicados no local. “Cuidado somente com os que contêm altas doses dos ácidos glicólico e retinoico. Eles podem causar irritações, ardor e vermelhidão”, alerta Ligia.

beleza_de_inverno (2)Mãos e pés
Especialmente para quem precisa lavar as mãos com frequência, sabonetes líquidos hidratantes e cremes especiais reaplicados após as lavagens dão a sensação de conforto e bem-estar. Outras substâncias irritantes, como detergentes, giz e pó, podem gerar dor ou fissuras na pele.

Como ninguém quer sofrer com o frio, cremes para mãos com ácido glicólico têm uma hidratação potente e eliminam asperezas e calosidades. Por sua propriedade emoliente (amaciante), a ureia é indispensável. Os silicones criam a camada protetora ideal para impedir parte da agressão e diminuir a perda de água. Pés, cotovelos e joelhos também se beneficiam dessas substâncias, que retiram o aspecto áspero e seco.

Para quem deseja um cuidado ainda mais específico, a manicure Jocélia Barbosa, do Centro Estético Belíssima, revela que a hidratação com parafina quente faz verdadeiros milagres em pés e mãos ressecados. “O procedimento consiste em derreter a parafina na termocera, aplicá-la nos clientes e deixar agir de 20 a 30 minutos. Após o endurecimento, é só retirar”, ensina.

Unhas
Pode até parecer que não, mas as unhas também se ressentem com o frio. Jocélia afirma que aplicar óleo de semente de uva sem esmalte é algo prático e previne o ressecamento. Para quem deseja ainda mais hidratação, a dica é reservar um dia por semana para substituir o esmalte por creme lubrificante contendo lanolina, pantenol e silicones.

beleza_de_inverno (1)Dicas quentes!
Para acabar com olheiras pronunciadas, basta lavar o rosto com água aquecida. O efeito da vasodilatação torna a pele mais rosada e viçosa. Proteja os lábios das rachaduras com protetores em formato de batons incolores. Geralmente, eles contêm óleos, umectantes, filtros solares e silicones. A boca fica bonita, saudável e bem natural.

A radiação ultravioleta continua agindo no inverno. Não deixe de usar filtro solar FPS 12 ou maior no dia a dia. Para não deixar a pele excessivamente sensível, alterne o uso de ácidos (retinoico, glicólicos ou ácidos de frutas) com cosméticos nutritivos cremosos.

Vitaminas podem ser úteis para equilibrar o ressecamento e as descamações. Nessa época, os dermatologistas preferem as que contêm zinco, ácido fólico e vitamina E.

Usar hidratante à base de ureia e silicone nas pernas e nos braços logo após o banho resolve grande parte do problema do ressecamento.

Os homens, que muitas vezes não gostam de usar cremes, podem passar óleo de banho no corpo antes de entrar no chuveiro e então se lavar normalmente. Um pouco do produto permanece na pele e ajuda a evitar o ressecamento.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se