Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 11

ImprimirCabelos Porosos

Avalie: 12345

Certos cuidados e produtos adequados combatem a fragilidade do cabelo poroso

A porosidade, causada pelo desequilíbrio nas escamas protetoras, é o primeiro sintoma de um cabelo sensibilizado. Isto acontece quando as escamas estão desalinhadas, quebradas ou com falhas, permitindo a perda de umidade, lubrificação deficiente e facilitando a penetração de agentes que danificam e fragilizam os fios tornando-os ásperos, embaraçados e quebradiços.

Esta porosidade faz com que os cabelos fiquem mais volumosos e rebeldes, o brilho desaparece e os fios ficam todos arrepiados e vulneráveis às condições ambientais, retendo resíduos de poluição, e aos raios solares, que também atuam mais sobre os pigmentos, acelerando o processo de desbotamento da cor. As pontas dos cabelos começam a abrir “em flor” e se partem facilmente com o manuseio.

As cutículas são barreiras protetoras que dificultam a ação danosa dos agentes ambientais (vento, sol, poluição, baixa umidade do ar, ação de produtos químicos etc.). Estes agentes atuam de diversas formas:

- O sol produz, com seus raios ionizantes, radicais livres que destroem as moléculas, resultando em desbotamento, ressecamento e envelhecimento do fio.

- A baixa umidade do ar pode ser sentida na pele, que passa a repuxar, incomodando e acelerando o processo de aparecimento das rugas. O mesmo ocorre com os cabelos, que passam a ter um aspecto envelhecido.
- A poluição deposita sobre os fios substâncias químicas em pequena quantidade, mas que vão se acumulando e agindo sobre as moléculas, que compõem a estrutura do cabelo, alterando-as lentamente com o tempo.

- Com o tempo úmido, principalmente no outono, os fios porosos tornam-se muito elásticos quando absorvem excesso de umidade e ficam fragilizados rompendo-se facilmente.

Essas cutículas tendem a sofrer uma erosão natural à medida que o fio vai crescendo e também com os processos químicos de transformação tais como, coloração, descoloração, permanente e relaxamento, que atuam em pHs elevados, pois precisam abrir as escamas e agir na região cortical, responsável tanto pela cor como pela forma fixa dos cabelos. O abaixamento do pH após o tratamento químico não consegue recuperar totalmente as condições pré-químicas e os cabelos se tornam porosos e, portanto, mais susceptíveis. O simples lavar dos cabelos passa a desvitalizá-los, pois a barreira de proteção já não está mais íntegra.

O sebo produzido pelas glândulas sebáceas, que em cutículas alinhadas é responsável pelo brilho e sedosidade dos cabelos, já não é suficiente para envolver e proteger toda a estrutura do fio, visto que as cutículas abertas aumentam a área a ser envolvida. Seria preciso muito mais sebo do que o naturalmente produzido.

Para recuperar a vitalidade de um cabelo fragilizado, facilmente constatado através de um diagnóstico, o profissional de beleza deve sempre dispor de produtos mais concentrados em ativos, que proporcionam uma revitalização instantânea. A hidratação constante possibilita um tratamento contínuo e intensivo para os cabelos, promovendo uma regeneração e nutrição mais profunda, fazendo com que o fio fique cada vez mais saudável. É indispensável, também, sempre preparar os cabelos para o próximo retoque fazendo uma análise periódica do fio e a retirada de pontas partidas.

Além de tudo isso, para garantir a recuperação, é muito importante que o profissional indique o uso de uma linha de produtos cosméticos específicos para o caso:

- Shampoo - deve ser balanceado para que limpe com suavidade e proteja a estrutura sensibilizada do fio durante a lavagem. Com uma fórmula levemente desembaraçante e condicionante, e espuma cremosa e emoliente, que retire as sujidades sem remover as cutículas.

- Condicionador – com princípios ativos que dêem emoliência aos fios, proporcionando flexibilidade às cutículas, ativos formadores de filme que possam substituir as cutículas e ativos antiestáticos que alinhem as cutículas dando mais brilho, reduzindo a porosidade e melhorando a penteabilidade a úmido e a seco.

- Leave-in - para revitalizar os fios, repondo os componentes hidratantes e nutrientes, e proteger contra os danos ambientais, tornando os cabelos macios, sedosos e maleáveis.

Faz parte de todo esse processo a conscientização da cliente, pelo profissional, da importância de seguir à risca todas as recomendações, quanto ao uso dos produtos, pois a continuidade é fundamental ao êxito do tratamento

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se