Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 30

ImprimirEspecial Creative Color International 2008
Campeonato

Avalie: 12345

Campeão dos campeõesProfissionais disputaram as melhores criações artísticas em três categorias. O maior vencedor recebeu prêmio de R$ 5 mil

O primeiro dia do Creative Color Hair Show & Workshops (Palco das Américas) começou com muita agitação e expectativa. Às dez horas da manhã do dia 31 de agosto, uma disputa entre cabeleireiros abriu oficialmente o evento. Organizado pela BSG, em parceria com a Itallian Hairtech, o 6º Campeonato Creative Color testou a habilidade e a criatividade de catorze profissionais.

Os participantes, de várias partes do País e da América Latina (vieram competidores de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Santa Catarina e Paraguai), puderam optar se concorreriam em uma, duas ou três das categorias: “Corte, Cor e Finalização” (feminino); “Corte, Cor e Finalização” (masculino); e “Criação Noite” (livre). Todos tiveram o mesmo tempo para realizar as criações, de trinta a quarenta minutos, dependendo da dificuldade.

Terminado o trabalho, um grupo de jurados avaliou as colorações, cortes e penteados. O júri, presidido pelo italiano Rino Farano, foi composto pelos consagrados hairstylists chilenos Hugo Guerra, Fernando Avendaño e Sílvia Saladino, pelo argentino Alfredo Rosas e pelo brasileiro Jerriz Zambuzi, da Itallian Hairtech. Foram premiados os três primeiros colocados de cada categoria. Valores:

1º colocado em cada categoria: R$ 1.500,00
2º colocado em cada categoria: R$ 1.000,00
3º colocado em cada categoria: R$ 500,00

Após a soma de todos os pontos, foi anunciado o “Campeão dos Campeões”, que levou um cheque de R$ 5 mil, concedido pela Itallian Hairtech.

Primeiro lugar - Corte, cor e finalização (feminino)CORTE, COR E FINALIZAÇÃO (FEMININO)

A primeira prova da competição contou com a presença de treze concorrentes. Todas as modelos estavam com os cabelos previamente coloridos (no mínimo dois tons, feitos com as colorações da Itallian Hairtech), lavados e penteados para trás. Durante 30 minutos, os profissionais cortaram, secaram e modelaram as madeixas. A maioria optou por cortes assimétricos, com várias camadas desconectadas, uma tendência atual. No quesito comprimento, houve predominância de curtos. Já entre as cores, vermelho, roxo, rosa e branco sobre bases loiras ou castanhas. O grande vencedor dessa etapa foi Gê Nunes, seguido de Márcio Carvalho e Edson de Jesus.

Primeiro lugar - Corte, cor e finalização (masculino)CORTE, COR E FINALIZAÇÃO (MASCULINO)

Doze concorrentes tiveram 40 minutos para criar looks arrojados para o público masculino. Assim como na categoria feminina, todos os modelos entraram na arena com as madeixas coloridas, lavadas e penteadas para trás. A técnica de corte era livre, mas com a exigência de manter no mínimo dois centímetros de cabelo na nuca e no entorno do rosto. Entre os cortes, todos curtos, muitas pontas, repicados, desconectados, topetes e até versões de moicanos. Já nas cores, os profissionais ousaram com azul, vermelho, laranja e vinho. Nessa categoria, o pódio ficou: Márcio Carvalho, Gê Nunes e Juliana Lima.

CRIAÇÃO NOITE (LIVRE)Primeiro lugar - Criação para noite (livre)

Na última etapa do campeonato, a criatividade dos profissionais transbordou em penteados trabalhados para noites de gala. Catorze concorrentes levaram modelos com vestidos de festa e cabelos pré-preparados (secos, escovados ou enrolados em bóbis). Durante quarenta minutos, todos puderam criar trabalhos muito elaborados, finalizados com acessórios discretos e extravagantes, como strass e plumas. Nessa categoria, quem levou o primeiro lugar foi a paraguaia Carolina Cuenca, deixando Daiane Brasileiro em segundo e Florêncio Neto em terceiro.

CAMPEÃO DOS CAMPEÕES

Após o anúncio dos vencedores em cada uma das categorias, os jurados revelaram quem levou o título de “Campeão dos Campeões”, aquele com mais pontos na soma de todas as etapas. O resultado, quase um empate técnico entre o paulistano Gê Nunes e o carioca Márcio Carvalho, consagrou Márcio como grande vencedor. “Sinto como se estivesse flutuando”, disse o hairstylist. Enquanto recebia abraços de parabéns, o cabeleireiro definiu os looks que desenvolveu: “Busquei inspiração no estilo futurista, adaptando-o para o cotidiano”, contou. Sobre o que fará com o dinheiro, o profissional foi direto: “Investir em cursos e material de trabalho”, finalizou.

Galeria de fotos:

  • Primeiro lugar - Corte, cor e finalização (feminino)
  • Segundo lugar - Corte, cor e finalização (feminino)
  • Terceiro lugar - Corte, cor e finalização (feminino)
  • Primeiro lugar - Corte, cor e finalização (masculino)
  • Campeonato Creative Color International 2008 (6)
  • Segundo lugar - Corte, cor e finalização (masculino)
  • Terceiro lugar - Corte, cor e finalização (masculino)
  • Primeiro lugar - Criação para noite (livre)
  • Segundo lugar - Criação para noite (livre)
  • Visão geral Campeonato Creative Color International 2008
  • Corpo de jurados
  • Terceiro lugar - Criação para noite (livre)
  • Campeão dos campeões

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se