Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 38

ImprimirComo gerenciar o seu salão de beleza

Avalie: 12345

Velocidade, parcerias sustentáveis e capacitação são itens fundamentais para montar e gerir um negócio de sucesso

Marcelo Ribeiro (consultor especializado em gestão empresarial com foco em gestão de pessoas, desenvolvimento organizacional, certificação em telecomunicações e gestão na área de beleza)

Foto 1Quem deseja abrir ou expandir um salão de beleza deve estar atento a três dimensões-chave que norteiam o desempenho do mercado de beleza.

A primeira delas é a velocidade. Velocidade para perceber as tendências, decidir sobre essa percepção, agir de acordo com a decisão e medir a ação para saber se o rumo está correto.

A outra dimensão é a capacidade para fazer parcerias sustentáveis com clientes, fornecedores e colaboradores. Até a família e os amigos entram no jogo. Por fim, existe a capacitação, que é condição imperativa para qualquer profissional do ramo de beleza, que deve se considerar um eterno aprendiz.

Há uma década, um salão de beleza imperava sozinho em determinada rua ou região. Hoje, são dezenas de estabelecimentos em apenas um bairro. O impacto disso é uma concorrência acirrada, na qual os mais preparados seguem em frente. Em uma pesquisa realizada em 2005, o Sebrae de São Paulo constatou que 29% das empresas fracassam no primeiro ano de operação e 56% não conseguem chegar a cinco anos de funcionamento. Mas por que isso acontece? Alguns dados do setor de beleza podem ser a resposta: 65% dos empresários do segmento não sabem calcular lucratividade; 50% dizem que não precisam ter controles ou não veem a necessidade de melhorar os que eles já utilizam; e 35% não participaram de nenhum evento nos últimos três anos. A realidade é que as pessoas não estudam e não se preparam para empreender.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se