Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 41

ImprimirDossiê das pontas

Avalie: 12345

dossie (2)Alvo de reclamações constantes, a ponta dos cabelos é a primeira a sinalizar quando há algo errado com eles. Conheça as armas para conquistar madeixas bonitas do início ao fim!

texto: Rebeca Alcoba | fotos: John Rawson e divulgação/Imax Tree

Para quem não abre mão de ter cabelos bonitos e com movimento, pontas duplas, quebradiças e ressecadas são verdadeiros pesadelos. E a poluição, os raios solares, as alterações climáticas e o arsenal de produtos químicos usados nas transformações incidem diretamente sobre a beleza dos fios. “O dossie (3)uso constante de secador, prancha e químicas e a tração exercida por penteados que puxam as madeixas enfraquecem as raízes, aumentando a queda e a formação de pontas duplas”, explica Sonia Corazza, engenheira química e cosmetóloga. Muitos especialistas adicionam a nicotina à lista de agentes prejudiciais.

Um dos elementos fundamentais na composição do cabelo é a queratina, proteína que o mantém resistente, saudável e brilhante. E é exatamente ela que sofre com as agressões térmicas, químicas e de tração mecânica, que provocam o surgimento das pontas duplas. 

Por isso, engana-se quem pensa que esse problema se restringe aos cabelos longos. “Cabelos compridos que estão há muito tempo sem corte certamente terão as pontas danificadas. Mas os finos, que são delicados, tadossie (1)mbém estão vulneráveis a apresentar problemas nas pontas”, afirma a hairstylist Andrea Cassolari, do salão L’Autre Femme. Os cabelos da tradutora-intérprete Thais Ajala, de 39 anos, são compridos, finos e encaracolados e, pelo uso de tintura há dez anos, ressecam demais. O resultado são pontas desbotadas e abertas.

Outro perigo que ronda os fios, especificamente os que passaram por transformações profundas, é o corte químico. Nesse processo, os cabelos ficam enfraquecidos e quebradiços e o crescimento da raiz não compensa a quebra das pontas. Dessa forma, não é observado um ganho efetivo no comprimento. “Esse problema ocorre quando são usadas químicas incompatíveis”, afirma Carlos Jamayka, cabeleireiro e maquiador do salão Up Hair.

Galeria de fotos:

  • dossie (1)
  • dossie (2)
  • dossie (3)

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se