Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 22

ImprimirEspecial verão: tratamento

Avalie: 12345

Oferecer o melhor tratamento de beleza requer investimento em atualização, essencial para garantir, além da fidelidade dos clientes, espaço no mercado de trabalho

Texto: Ivan Stringhi (Hairstylist e Fundador / Presidente do Projeto Tesourinha)

Nesta segunda matéria especial de verão, iremos falar sobre tratamento. Ofereceremos dicas úteis ao seu trabalho e ressaltaremos a importância do profissional atualizado com as tendências de mercado.

Para os que seguiram a conduta pré-verão, proposta na edição anterior, o trabalho será menos árduo. Porém, essencial para conservar os cabelos das suas clientes bem tratados. Assim, se você ou sua cliente não se preocuparam com os danos provocados no verão, mãos à obra.

Recuperando os fios

Um bom diagnóstico é o primeiro passo a seguir quando a cliente sentar em sua cadeira. Este trabalho ajudará a visualizar o quanto o sol, o mar e o vento prejudicaram os fios. Antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, o profissional deve preparar as melenas para receber os produtos.

Depois da temporada na praia, a cor é a primeira a ser danificada. A sugestão para devolver a coloração brilhante dos fios é utilizar produtos suaves, sem amônia. O gloss é um novo sistema de tonalizante, muito usado nos Estados Unidos e também disponível no Brasil. Além de colorir, ele impermeabiliza os cabelos, proporcionando maciez e brilho intensos. A aplicação de uma boa máscara hidratante completa o tratamento.

Fio opaco é sinal de acúmulo de resíduos. O xampu de limpeza profunda irá extrair essas impurezas, e um hidratante capilar de qualidade irá selar as escamas dos fios. Para tratar cabelos oleosos, a utilização de produtos específicos faz toda a diferença. O excesso de sebo é eliminado, deixando os fios mais leves e saudáveis.

Os tratamentos à base de queratina devem ser aplicados no mínimo em três sessões. Muitos profissionais acreditam que a queratina deixa os fios menos maleáveis, o que não é verdade. O produto reestrutura as escamas dos fios e, automaticamente, proporciona um toque diferenciado. Mas a queratina, sozinha, não faz milagres, ela deve ser acompanhada por máscaras hidratantes.

Auto-análise

Em nosso dia-a-dia, poucos momentos são dedicados à avaliação pessoal. Proponho, então, uma reflexão do nosso trabalho. Quantas vezes ouvimos da cliente a seguinte pergunta: Há quanto tempo você hidrata meu cabelo? E olha como está! Quando a reclamação é feita diretamente ao cabeleireiro, há chances de reverter o quadro com uma boa conversa, mas se a cliente guarda a insatisfação consigo e desaparece do salão, o problema se torna difícil de contornar. Para evitar que isso ocorra, o conhecimento é fundamental. Um profissional que indica o tratamento correto à sua cliente, não a perde com facilidade.

Quando não sabemos algo, geralmente “chutamos” e, inevitavelmente, erramos. Para ilustrar o que digo, a história do guarda-chuva é um bom exemplo. Quantas vezes ouvimos a avó ou a mãe dizer: leva o guarda-chuva, pois vai chover! Você acaba carregando o objeto, mesmo em um lindo dia de sol. Quando o meteorologista, profissional qualificado, fala para levar o guarda-chuva, há 90% de chances de chover, de fato. Diferente da mãe que, provavelmente, irá acertar 10% ou menos a previsão. Moral da história: Conhecimento garante acertos. Sem atualização profissional, você irá errar mais vezes e, consequentemente, perder a clientela.

Informação é poder

Como em todas as profissões, conhecimento é a chave do sucesso. Por trás de um grande profissional, existem horas de dedicação em cursos, palestras e feiras. Eu, por exemplo, busco muita informação nas empresas de cosméticos. Elas investem caro em pesquisas que, se bem utilizadas, farão toda a diferença no seu dia-a-dia.

Palestras e feiras são oferecidas o ano todo. Aproveitar estas oportunidades é fundamental para manter-se atualizado na profissão. Mas, não confunda um evento sério com uma festa. Acredito que 20% ou 30% dos profissionais presentes nestas ocasiões estão, realmente, interessados em levar novidades para o salão.

Construir uma relação de confiança com seu público é possível, somente, com dedicação e conhecimento. Isso vale para outras áreas do salão, como manicures e maquiadores.

Seja honesto com suas clientes e, principalmente, consigo mesmo!

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se