Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 30

ImprimirEstilo Nilton Tamba

Avalie: 12345

Caroline Bittencourt, Luciana Gimenez e Nilton Tamba Queridinho das celebridades e com uma ampla experiência em salões de beleza renomados, o hairstylist Nilton Tamba mostra que precisão e espírito de equipe são fundamentais para uma carreira de sucesso

texto: Liana Pires
fotos: divulgação

Quando um filme oriental é lançado no circuito mundial de cinema, o público espera ver cenas nas quais a precisão e a paciência são referências para as ações dos personagens. Características geralmente atribuídas à terra do sol nascente, na vida cotidiana podem ser conferidas em diferentes cantos do mundo. É só olhar ao redor que, sem dificuldades, você encontrará um nikkei.

Em se tratando do hairstylist brasileiro Nilton Tamba, 47 anos, descendente de japoneses, ambas as características estão presentes. Acostumado a circular pelo aclamado mundo das celebridades sem precisar de convite, ele não se rende à glamorização da profissão e é facilmente identificado por seus inconfundíveis jeans, camiseta, tênis e simpatia.

Toda essa acessibilidade permite que Nilton não meça esforços para treinar os sete assistentes que carregam sua marca – seus “filhos de profissão” – e dar dicas para quem deseja ingressar na carreira de cabeleireiro. “O sucesso está no bom gosto e na procura pela perfeição. O desafio é reproduzir a beleza natural utilizando técnicas de corte e cor”, diz.

Essa filosofia, que o acompanha a cada corte, tintura e penteado, se adapta ao perfil de cada cliente sem deixar de lado a influência de grandes mestres, como Alexandre de Paris, “que fazia um cabelo preso como ninguém”, e Toni & Guy “adepto de um estilo louco, desconectado”.

Como tudo começou...

Diferentemente do que é comum ouvir em trajetórias de hairstylists famosos, Nilton Tamba não tinha, na infância, o sonho de se tornar cabeleireiro. Pelo contrário! O motivo da escolha da profissão foi puramente prático. “Minha
mãe trabalhava como cabeleireira e meu pai era feirante. Então, ou eu lavava cabelos ou carregava caixas na feira. Optei pela primeira opção”, relembra.

Do desejo para o início do trabalho se passou um breve período de tempo, pois sua mãe entrou em contato com uma amiga que tinha um salão no Tatuapé, em São Paulo. Nilton passou a morar no local e a freqüentar cursos de beleza em empresas consagradas, como L´Oréal, Wella e Niasi.

Em um desses cursos, Mário Merlino, na época proprietário de salões Jacques Janine, estava presente. Durante uma apresentação, ele se surpreendeu com o trabalho de Nilton e o chamou para um teste. No dia combinado, Mário estava fazendo um desfile para Paulo Ramalho com modelos famosas, como Monique Evans. “Nunca havia ouvido falar daquelas pessoas, pois elas não faziam parte da minha realidade”, lembra.

Nilton aceitou o desafio de auxiliar no desfile e “caiu” nas graças de Merlino. “Perguntei quanto iria receber, pois não tinha o menor conhecimento do mercado, e ele me ofereceu o triplo do que eu ganhava”, disse. Assim, um rapaz de 18 anos com cabelos compridos e cacheados passou a ser visto ao lado de cabeleireiros que usavam camisa de seda.

Esse foi o começo de uma carreira meteórica. Na época, Mário Merlino fazia vários desfiles e editoriais para revistas. Como Nilton não tinha muitos clientes, passou a integrar a equipe que era destinada a esse fim. “Mário é meu pai de profissão. Foi ele que me fez descobrir a beleza mundial”, afirma.

Pelo Jacques Janine, Nilton visitou o exterior mais de 12 vezes. Ao sair da rede, começou a trabalhar com Wanderley Nunes, no Studio W, quando o salão era apenas uma casa de dois andares. “Fazíamos muitas caracterizações de personagem para a Rede Globo”, conta. Entre esses trabalhos destacam-se o cabelo escuro da atriz Letícia Spiller e o corte curto de Maitê Proença.

Além desses dois salões, Nilton tem em seu recheado currículo uma glamorosa passagem pelo salão Up Hair Design, localizado na Daslu. Ficando mais de um ano no local, ele assinou os desfiles de lançamentos de marcas famosas, como Armani e Dolce & Gabbana.

Seu aprendizado com mestres nacionais e internacionais rendeu frutos inclusive fora dos salões. Juntamente com o Viktor I, ele foi o primeiro hairstylist não-europeu a criar uma tendência para a L´Oréal. “Inspirei-me na natureza e investi em cabelos queimados de sol com fundo acinzentado. Até a juba de leão entrou na história. Foram 14 dias de trabalho gratificantes, que me abriram as portas do mundo”, conta.

Hoje, Nilton faz parte da equipe Franck Provost e seu trabalho se baseia na naturalidade, em mangás e na toy art. Nessas propostas, são permitidos cabelos divertidos, elaborados e pensados. “Hoje, existe uma mulher misteriosa, que usa franja desfiada que cobre a sobrancelha”, afirma

Dicas de profissional

“A pele das brasileiras pede cabelos escuros. Quando uma coloração vermelha é aplicada, os fios tendem a ficar alaranjados. Essa tonalidade não contrasta com a pele; então, é necessário ter cuidado na escolha do tom.”

“O cabeleireiro deve aprender o certo para desconstruí-lo depois. Filosofia adotada por Vidal Sassoon.”

“Muitas vezes, os assistentes não querem remuneração financeira, mas se tornar profissionais de sucesso. Para entrar na minha equipe, é necessário ser humilde e não ter mania de grandeza. No Brasil, o hairstylist se sente um superstar, mas ele não é nada se não tem uma equipe consistente.”

“A brasileira está começando a se produzir para ir ao supermercado, o que não é um hábito culturalmente estabelecido. No Japão, as pessoas se produzem para ir à escola, ao trabalho. Em São Paulo, essa mudança pode ser percebida em alguns bairros. Além de ficarem mais bonitas para o mundo, as mulheres fazem a economia crescer.”

Galeria de fotos:

  • Nilton Tamba com modelos em frente ao salão Franck Provost, em São Paulo
  • Nilton Tamba com Cássia Ávila
  • Nilton Tamba com Daniela Mercury
  • Nilton Tamba no Festival Ikesaki, em São Paulo
  • Nilton Tamba no evento La Brasserie
  • Caroline Bittencourt, Luciana Gimenez e Nilton Tamba
  • Nilton Tamba com Bel Motta
  • Nilton Tamba com Cristiana Arcangelli
  • Nilton Tamba com Debora Blando
  • Nilton Tamba com Esther Campos
  • Nilton Tamba com Paula Burlamaqui
  • Nilton Tamba com Paulo Porto e Karina Bacchi

1 Comentário:

  1. Foto: Miriam
    Miriam: 11/06/2010 às 21:37
    gosto muito das suas dicas, parabéns. muito sucesso! abraço. Míriam.


Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se