Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 44

ImprimirExpertise norte-americana

Avalie: 12345

top_academy (3)As academias Paul Mitchell são polos de conhecimento para cabeleireiros, maquiadores, manicures e esteticistas

texto: Rebeca Alcoba | fotos: divulgação

A Paul Mitchell atingiu a maturidade ao completar  30 anos de existência, depois que os amigos John Paul De Joria e Paul Mitchell tiveram a ideia de comercializar produtos capilares com um capital de 700 dólares.

Dos três itens iniciais, atualmente já são mais de 100. A evolução da marca gerou um acúmulo de experiência na área de beleza. E, como conhecimento serve para ser dividido, houve um investimento também na área educacional.

A Paul Mitchell Academy abrange os segmentos de cosmetologia, corte, coloração, maquiagem, tendências da moda e técnicas de cabeleireiro. Os profissionais de estética também são contemplados e podem se especializar em cuidados com a pele, aromaterapia e design de unhas. Como a ideia é prepará-los para o mercado de trabalho, disciplinas como vendas e marketing fazem parte do programa.

top_academy (5)As escolas estão espalhadas pelos estados norte-americano como Califórnia, Alabama e Havaí. O diferencial da instituição está no método de ensino, baseado nos estudos sobre a inteligência múltipla iniciados por Howard Gardner, da Universidade de Harvard. Esse conceito valoriza os talentos naturais de cada um.

Além de atender os iniciantes com aulas sobre regras fundamentais da profissão, há dinâmicas voltadas para os cabeleireiros que desejam dar um upgrade nos conhecimentos. O programa Advanced Academy oferece em três ou cinco dias aulas ministradas por uma equipe de artistas e educadores. Os módulos mostram técnicas de coloração 3D, cortes masculinos e coloração aliada ao estilo do corte. O investimento é de 800,00 a 1.000,00 dólares.

top_academy (1)Já que esta edição da Cabeleireiros.com tem uma matéria sobre cosméticos orgânicos (veja na página 42), vale destacar que a filosofia da Paul Mitchell enfatiza ações voltadas para a preservação do meio ambiente. A cada produto da série Tea Tree adquirido, por exemplo, uma árvore é plantada.

Em cinco anos de campanha já houve o plantio de 100 mil mudas. Outro diferencial é uma fazenda no Havaí mantida desde 1987, onde são produzidos de maneira sustentável e usando energia solar os ingredientes da linha Awapuhi.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se