Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 39

ImprimirÍcones dos anos 1960

Avalie: 12345

Carismáticos e talentosos, tudo relacionado a eles era copiado por legiões de fãs, inclusive o corte de cabelo

Roberto Mesones (hairstylist espanhol, embaixador da BSG na Europa e um dos fundadores da rede Passaró Hombre, especializada em looks masculinos)

Roberto MesonesNos anos 1960, a moda para os cabelos estava diretamente ligada ao universo musical. Por isso, escolhi essa década para iniciar uma série de artigos sobre a evolução da moda e dos cortes masculinos vista pelos visuais de artistas consagrados. Esses artigos foram extraídos de um livro que vai descrever a história e as mudanças dos salões de beleza masculinos ao longo dos anos.

Elvis Presley

Elvis Aaron Presley nasceu em East Tupelo, Mississippi, em 8 de janeiro de 1935. Na infância, não imaginava que se tornaria o mais famoso cantor de rock de todos os tempos. O grande ícone da música ficou conhecido por seus topetes estruturados com brilhantina e pelas costeletas compridas, que marcavam os ângulos do rosto. Até seu anonimato, Elvis manteve o mesmo estilo, que voltou a estar na moda. Para reproduzir o visual, é necessário gel ou pomada de fixação média, ou forte, com efeito brilhante.

Frank Sinatra


Filho de imigrantes italianos, Frank Sinatra nasceu em Hoboken, nos Estados Unidos, em 12 de dezembro de 1915. Este casanova americano, marido de muitas mulheres belas, como Ava Gardner e Mia Farrow, conquistou o coração de toda uma geração com seus modos elegantes e com sua poderosa voz. Seu penteado ficou caracterizado pela risca marcada na lateral esquerda. O produto necessário para reproduzir esse look é uma cera de efeito molhado ou seco. Para acompanhar o estilo do cabelo, Sinatra vestia um figurino sóbrio e clássico.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se