Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 45

ImprimirNa elegância e na beleza? Sim!

Avalie: 12345

noivas (6)Estar perfeita no casamento é o desejo de toda noiva. Elencamos as principais tendências em penteados, acessórios e estilos para você se tornar o herói dela no grande dia!

texto: Eder Garrido | fotos: Image.Net para o Cibeles Madrid Noivas 2010

O mundo pode ficar moderninho, as relações assumirem outros contornos, mas, se a mulher não sonha com um casamento espetacular, ao menos já se imaginou vestida de noiva. Com o melhor vestido, o melhor buquê, a melhor maquiagem e, claro, o melhor penteado.

Atualmente, as tendências para os cabelos das noivas estão mais democráticas e bonitas do que nunca! O tempo das produções espalhafatosas, desconfortáveis e lotadas de spray ficou para trás. No lugar delas está o badalado minimalismo. “Este conceito está em alta em vários segmentos e foi incorporado às noivas com ótima aceitação. Os penteados estão naturais e leves, de maneira a explorar a beleza da mulher com sutileza e elegância”, diz Vanessa Alexandre, diretora executiva do Espaço Vip Rio.

noivas (7)Revertendo a ideia de “esconder a noiva” sob quilos de maquiagem e cachos imóveis, a proposta encontrou espaço em casamentos diurnos e noturnos. No primeiro caso, são recomendados penteados românticos, neoclássicos e com acessórios naturais, sendo a trança a grande estrela do momento. Para a noite, o romantismo ganha um corpo especial quando aliado a uma pontinha de sensualidade. Semipresos anelados com franja moicana e coques despojados encabeçam a lista de novos clássicos.

Apesar das diretrizes, é possível quebrar normas e adotar presos tanto para o dia quanto para a noite. “Devem ser observados os outros elementos da produção e o ambiente onde será realizada a cerimônia”, lembra Silvio Soares, profissional do Lady&Lord unidade Augusto Stresser, de Curitiba. No caso dos cabelos curtos, cortes assimétricos são boas opções. Quem os adota prefere praticidade e economia, e beneficia-se pelo ar jovial do comprimento diminuto. Fios desfiados, desalinhados e finalizados com fitas e flores de tecido têm sido procurados.

noivas (1)Falando em flores e fitas, os acessórios também passaram por uma releitura. Cida Mirabella, proprietária do Mirabella Spazio, afirma que peças grandes não são mais requisitadas. “Agora, é a vez das mais delicadas e ricas em detalhes.” Independentemente das variações da moda, o brilho e o strass formam um padrão fixo e sempre são encaixados de alguma forma no cabelo. Já as flores e as penas às vezes substituem os habituais véu e grinalda. Mas, para aderir a essas inovações, é necessário um vestido que favoreça o visual e não brigue com ele.

Mesmo sendo uma ocasião especial, não são poucas as noivas que preferem casar de cabelo solto. Para Silvio, estruturar as madeixas soltas é uma forma de deixá-las mais bonitas, mas não é o suficiente para destacar a mulher. “Esta produção passa uma aparência despojada e comum. Tais adjetivos podem ser atribuídos a uma convidada, mas nunca à noiva”, analisa. Um penteado elaborado a coloca como o centro das atenções.

noivas (2)Muitas noivas pensam apenas no cabelo para a cerimônia religiosa e se esquecem da produção para o civil. E, nele, os lisos e soltos podem ser adotados sem medo. Mas não é qualquer solto! Lembre-se: ela é a noiva e deve ser vista como tal. Uma escova modelada responde bem à ocasião. Para quem tem franja, a sugestão de Vanessa é trabalhá-la fora do modelo usado todos os dias. Para evidenciá-la, o mais legal é o franjão; para suavizá-la, prenda-a ao penteado.

Franja o.k., mas cachos leves ficam de fora da lista de sugestões. O problema, segundo Silvio, está no fato de eles não suportarem a maratona que é o dia do casamento. “Fotos, dança, recepção... Os cachos leves não se mantêm na forma original. Muitas vezes, antes mesmo de chegar à igreja, eles já estão lisos”, lembra. Na “lista negra” também entram o gel, o glitter (apontado como o recurso mais ultrapassado), as coroas grandes e o excesso de acessórios. As flores seguem em voga. A única ressalva fica para os modelos artificiais. É importante que se opte por uma tão bem feita que se confunda com uma flor natural.

noivas (4)Outra questão é a idade da noiva. Novamente, formalidades cultivadas durante anos caíram por terra. Hoje, o profissional deve conversar com a mulher para saber como ela se coloca diante do assunto . “Respeito a idade emocional da noiva e tento entender e dimensionar sua expectativa. Com base nisso, aplico as técnicas de visagismo”, explica Vanessa. Se o receio de errar for grande, Sérgio sugere um look clássico e clean.

Cida defende que a idade até pode influenciar na decisão não só do cabelo, mas também do vestido e do make-up, mas não deve abafar o estilo da noiva. Ela arrisca algumas dicas: o véu de tule, tipo casquete, é ótimo para quem tem cabelos médios ou longos e presos. Já para as que não perdem o ar moderno, um coque tradicional sem muitos adereços é garantia de sucesso.

Confira também:

Escova de verniz

Galeria de fotos:

  • MyM
  • Ruben Perllotti
  • Ana Torre
  • Paul Lennert
  • Ana Torre
  • MyM
  • Hannibal Laguna

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se