Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 40

ImprimirO clássico nunca sai de moda

Avalie: 12345

Traduzir o glamour e a independência que a mulher adquiriu com os cabelos curtos é um trabalho contínuo e desafiador. Entusiasta do comprimento reduzido nos fios, o inglês Richard Ashforth, fundador da rede Saco Hair – e apaixonado pelo corte chanel –, fala sobre sua carreira junto a Vidal Sassoon e sobre as expectativas para participar do BSG World Festival
texto: Juliane Pereira | fotos: David Oldham

CabeleireEntrevista 
Internacional (3)iros.com: Qual é o significado do corte chanel?
Richard Ashforth: O corte chanel é um clássico que transcende o tempo. Sua linha e comprimento transmitem uma mensagem de individualidade e, por isso, ele continua sendo usado independentemente da época. Ele se reinventa a todo instante, moldando-se a cada ocasião da moda.

C.C.: Esse corte é recomendado para qualquer mulher?
R.A.: O chanel é puro e atemporal. Logicamente, o estilo mais famoso foi o realizado por Vidal Sassoon nos anos 1960, mas, por causa da simplicidade do corte, ele pode ser feito de maneira exclusiva em todas as texturas de cabelos, tendo-se somente o cuidado para adequar o comprimento e a linha à silhueta.

C.C.: Então, você acha que a contribuição de Sassoon foi a maior de toda a história da coiffure?
R.A.: Vidal mudou a profissão do cabeleireiro e sua contribuição é, talvez, a maior que veremos. Tenho orgulho de ter trabalhado com ele em diversas ocasiões. Ele é um ser humano muito inspirador.

C.C.: Qual é a relação do método de trabalho e ensino de Vidal Sassoon e da rede Saco Hair?
R.A.: É difícil descrever, mas penso que nossa filosofia de mostrar para os alunos conhecimentos essenciais para a criação de formas que permitem a realização todo e qualquer estilo é a mesma de Sassoon. Também acreditamos que a beleza e a adequação ao período histórico são diferenciais. Na Saco Hair, cada geração de cabeleireiros constrói e apresenta novas fórmulas à profissão.

C.C.: Quais são as referências artísticas da rede?Entrevista Internacional (1)
R.A.: A filosofia da rede Saco Hair é baseada no princípio de que a beleza está em primeiro lugar. É nossa prioridade adequar os looks a cada cliente e adotar a abordagem modernista da simplicidade, afinal, menos é mais. Dessa forma, a pureza das formas e o balanço dos cabelos ficam sempre deslumbrantes.

C.C.: Quais são os diferenciais  da academia Saco Hair?
R.A.: Acreditamos em uma boa fundamentação teórica. Ensinamos o valor das técnicas básicas, que são o “coração” de todos os bons cortes e colorações. Os pilares da academia são priorizar técnicas de finalização e estilização e oferecer noções de como cortar e colorir os cabelos sem delimitar estilos prontos que não podem ser alterados. Temos estilistas que trabalham em editoriais e semanas de moda de Londres, Paris, Nova York, o que facilita a relação entre arte e cabelos.

C.C.: Falando de arte, o que você considera melhor: visuais vanguardistas ou comerciais?
R.A.: Admiro tudo o que é bonito. A forma conceitual de trabalhar com os cabelos é parte do que trabalhamos como educadores à frente de nosso tempo. Mas nossos profissionais também têm como base a beleza e as ferramentas de como transformar os fios em bem-estar.
 

Galeria de fotos:

  • Entrevista Internacional (1)
  • Entrevista Internacional (2)
  • Entrevista Internacional (3)

1 Comentário:

  1. Foto: Mara
    Mara: 19/07/2012 às 22:56
    Estou procurando fotos de cortes de cabelo carre, alguém poderia me enviar, por favor? beijinhos a todos...


Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se