Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 29

ImprimirO que os homens pensam?

Avalie: 12345

Logo PassaróQuando o assunto é moda masculina para cabelos, os salões espanhóis Passaró são referências mundiais. Especialista no assunto, o diretor da equipe de desenho e marketing da rede, Roberto Mesones, concedeu uma entrevista exclusiva à Cabeleireiros.com para falar sobre tendências internacionais e serviços mais pedidos

texto: Liana Pires
fotos: divulgação 

Cabeleireiros.com: Quais são as tendências mundiais de corte e cor?
Roberto Mesones:
Colorações naturais e cabelos com ondulado solto voltaram com força total. Essas tendências buscaram referências na década de 1970. Também podem ser vistas pinceladas dos anos 1950, marcadas por topetes e franjas com ondas marcadas. Esses estilos são muito solicitados na Espanha, mas isso depende do grau de inovação da população de cada país.

C.C.: Qual é o perfil do homem europeu? Que serviços são mais solicitados?
R.M.: O homem europeu está ligado ao padrão globalizado de beleza, que é distinto do estilo sul-americano. Essa disparidade relaciona-se à diferença de textura dos cabelos – mais ou menos ondulados – ao clima e à temperatura. Os cortes masculinos têm a ver com o ambiente do cliente, com a idade e com a maneira de se vestir. De maneira geral, posso dizer que os homens buscam facilidade de estilização, originalidade e sentir-se bem. A coloração dos cabelos está sendo mais aceita, e as propostas mais pedidas são mechas vermelhas ou douradas e banhos de brilho que potencializam a cor negra.

C.C.: Quais são os cortes mais pedidos nos salões da rede Passaró?
R.M.: Os estilos variam. Os mais pedidos são os modernos que utilizam topetes, franjas compridas ou muito curtas, assimetria, nuca comprida e finalização desfiada.

C.C.: Há alguma nacionalidade mais vaidosa?
R.M.: Hoje, o homem masculino se comporta de maneira vaidosa, deixando de cortar o cabelo simplesmente por higiene ou comodidade. Ele estiliza os fios para estar mais bonito e atraente. Para isso, passou a usar cremes faciais, produtos para eliminar pêlos, depilação, camuflagem de fios brancos, realização de cores ou mechas etc. 

C.C.: O alisamento masculino segue o mesmo procedimento do que o feminino?
R.M.: Ele segue o mesmo processo técnico. Quando realizamos esse procedimento em homens, buscamos eliminar volume nas laterais, na nuca e na franja, além de fazer o acabamento com pontas desalinhadas e desconectadas. Na Europa – imagino que assim como no Brasil – os homens descobriram o uso da chapinha. 

C.C.: Quais são as características de um hairstylist de sucesso para trabalhar com público masculino?
R.M.: Um hairstylist que lida com público masculino deve ser como o que lida com mulheres. A única diferença é que ele deve ter em mente que o homem é mais simples que a mulher. O cabeleireiro deve pensar como o cliente e entender suas vontades, realizando a estilização de maneira clara e simples. As técnicas de trabalho são parecidas, mas devem se adequar na medida de longitude, habitualmente mais curta nos homens.

C.C.: Os produtos para tratamento de cabelo masculino são os mesmo do que os para fios femininos?
R.M.: Pouco a pouco são introduzidos no mercado produtos específicos para os homens, pois eles buscam outras formas de fixação, de textura e de sensações ao se pentear e modelar o cabelo. Geralmente, o desejo é pela ausência de volume, finalização desarrumada e sensação de umidade nos fios.

C.C.: O grupo Passaró irá participar do Creative Color International 2008. Quais são as expectativas para o evento?
R.M.: As expectativas são de desfrutar da companhia de profissionais do setor e trocar propostas, técnicas e filosofias de trabalho. Na profissão de cabeleireiro, é importante absorver constantemente sensações e aprender coisas novas. Os trabalhos que apresentaremos serão os mesmos que realizamos em nossos salões: estilos que o homem gosta de ter, de pentear e de transformar.

Roberto Mesones, Antonio Fort e Francisco Javier Mesones

Confira também:

Creme depilatório masculino

Sobrancelha Masculina - Como “fazer” a sobrancelha masculina

Galeria de fotos:

  • Roberto Mesones, Antonio Fort e Francisco Javier Mesones
  • Roberto Mesones
  • Tendência Passaró
  • Logo Passaró
  • 8. Solte a parte frontal e, com a técnica do pente sobre a máquina, corte-a de forma assimétrica crescente, da esquerda para a direita.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se