Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 35

ImprimirO salão cresceu. E agora?

Avalie: 12345

Saiba quaOswaldois são as melhores alternativas para você melhorar os serviços prestados aos clientes

Osvaldo Alcântara (consultor de negócios)

Muitos cabeleireiros ingressam na profissão trabalhando em um salão de beleza modesto, sem sala de espera ou qualquer atrativo estético adicional, ou ainda abrindo um. Mesmo com uma estrutura básica, é preciso ter em mente que não se pode parar no tempo: a mesmice é um problema em qualquer carreira. Às vezes, o cabeleireiro cai no erro de pensar que atingiu a maturidade e que, por isso, não precisa se reciclar, nem mesmo trocar os móveis do salão de tempos em tempos.

Quando o cabeleireiro percebe que sua agenda está lotada e que está precisando contratar mais funcionários, ele pode pensar em subir mais um degrau na profissão. Mas como fazer isso? Um erros comum é querer mudar de bairro. Ao fazer essa escolha, o profissional vai precisar iniciar novamente todo o trabalho de conquistar a clientela. Meu conselho é investir em reforma ou mudar para um local maior que seja localizado no mesmo bairro e, se possível, na mesma rua.

A primeira ideia do cabeleireiro é mudar de bairro porque ele acredita que um salão localizado na periferia não pode ter luxo. Isso não é verdade. Para ter sucesso, o primeiro passo é analisar a clientela e adaptar o estabelecimento ao bairro e ao estilo da vizinhança. Todo bairro é bom, mas nem sempre é bem aproveitado. Se se trata de um bairro-dormitório, por exemplo, o cabeleireiro precisa saber que os clientes não vão requisitar seus serviços durante o dia, já que estarão trabalhando. Assim, adaptar o horário de funcionamento e trabalhar aos domingos são boas opções. Cícero, um dos maiores oradores da história e senador romano, disse: “Antes ser o primeiro na vila do que o segundo na cidade”.

 

 

1 Comentário:

  1. Foto: Mayara
    Mayara: 28/09/2009 às 14:03
    Aqui em Porto Alegre, os salões têm trabalhado com profissionais de Relações Públicas para elaborar um planejamento de suas ações de comunicação, além da reestruturação para promover o seu crescimento. Achei a matéria muito interessante. Trabalho com este segmento como RP!


Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se