Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 51

ImprimirOperação cinderela

Avalie: 12345

megahair (2)Para muitas mulheres, ter os cabelos longos é o mesmo que deixar de ser gata borralheira. Prepare-se para o mercado dos alongamentos capilares e garanta o sucesso do seu salão!

texto: Rebeca Alcoba | fotos: divulgação

O alongamento é um dos serviços mais caros e delicados dos salões de beleza. É comum ouvir depoimentos de quem já foi adepta e acabou com os cabelos quebrados, ressecados ou até com a temida alopecia. Nesses casos, o assunto passa a ser de ordem médica. “A pessoa que teve os fios prejudicados deve procurar um dermatologista para fazer um tratamento e optar por um método que não seja prejudicial ao couro cabeludo”, explica Rosa Maria, do RM Mega Hair.

A chave para o profissional evitar problemas é estudar a técnica que será empregada, orientar a cliente a fazer as manutenções corretamente e escolher extensões de qualidade. O hairstylist Flávio Priscott tem suas restrições com relação aos apliques sintéticos. “Não dá para saber como o cabelo vai responder ao mega hair. Por isso, só uso fios naturais”, enfatiza. Milena Oliveira, expert do Salão Marcos Proença, completa alertando que o aplique deve ter a textura e a cor muito próximas aos fios originais da pessoa, para que o resultado fique o mais natural possível.

Os métodos são variados, e, assim como a tecnologia cosmética tem se aprimorado, as colas utilizadas estão cada vez mais leves, causando menor impacto na fibra capilar. Uma recomendação que vale para qualquer procedimento é o uso de químicas alisantes. Rosa Maria reforça que as adeptas de relaxamentos e escovas progressivas devem fazer esses tratamentos antes de alongar os fios e retocá-los durante as manutenções, quando os apliques são retirados e colocados novamente. A estratégia evita danos não só aos fios naturais, como também aos aplicados.

megahair (1)Quanto ao dia a dia de uma mulher “alongada”, Milena explica que a atenção deve ser redobrada com o couro cabeludo. É recomendável intercalar lavagens com xampu antirresíduos e não condicionar os fios. “Se o cabelo precisar de tratamento, restrinja-o ao comprimento e às pontas, evitando o contato com o couro cabeludo”.

Técnicas mais conhecidas

Mega hair e Great Lengths
São alongamentos feitos com cola à base de silicone ou queratina. O mega hair é preso fio a fio e confere mais liberdade para quem faz muitos penteados e gosta de ir à praia. É preciso evitar o calor excessivo de secadores e pranchas e jamais dormir com os cabelos molhados para não prejudicar a durabilidade da cola.

A Great Lenghts é uma das fornecedoras que oferece polímeros de queratina praticamente com o mesmo peso molecular do cabelo, o que concede maior resistência ao calor. Priscott conta o segredo para ser bem-sucedido no procedimento: “Faço muitos testes e vou devagar para ver qual será o resultado. Algumas pessoas têm a raiz muito fraca”.
Prazos: a aplicação pode durar até 45 horas. Já manutenção é feita a cada quatro meses.

megahair (5)Microlink
Não utiliza fonte de calor nem cola. Os apliques são unidos aos cabelos naturais por microconectores antialérgicos. “É uma técnica de fácil realização, pois há um alicate específico que não danifica o cabelo nem na colocação, nem na retirada”, afirma Gianluca Donnini, responsável pela Giambertone Roma, distribuidora dos produtos no Brasil.
Prazo: dura de três a quatro meses e a aplicação demora cerca de duas horas e meia.

Hot heads
Fitas adesivas são responsáveis por unir aplique e fios, sem a necessidade de máquinas ou de aquecimento para a fixação das mechas. É um procedimento rápido, no qual a ideia é manter o crescimento normal dos cabelos sem danificá-los. As extensões podem ser reaplicadas por até três vezes.
Prazo: menos de uma hora de aplicação e de oito a dez semanas para a manutenção.

Hair locks
Esta técnica canadense consiste em fixar mechas que são tecidas, cortadas no tamanho desejado e entrelaçadas no cabelo original. Depois, elas são arrematadas com anéis em finas porções. “Utilizo no máximo duas camadas de cabelo por tela; e de acordo com o efeito desejado, de duas a cinco telas em toda a cabeça”, comenta o hairstylist Marcos Veríssimo, do Homa Elite Salon. Livre de cola, o aplique é resistente ao calor. Além disso, a espessura fina da tela não gera o risco de acumular produto ao longo do tempo.
Prazo: a aplicação leva em média 40 minutos e o intervalo de manutenção é de um a dois meses.

megahair (3)Ponto americano
O cabelo também é preso por meio de tela e costurado com agulha semelhante à de crochê com um ponto trançado. Essa técnica possibilita a realização de alguns penteados. Sempre que for lavado, o cabelo precisa ser seco de raiz às pontas, para preservar a integridade da trama.
Prazo: a manutenção deve ser feita a cada 30 dias, porém dura de quatro a cinco meses.

Nó italiano
É um dos métodos mais antigos, cuja base do cabelo é trabalhada com minitrancinhas e os apliques são presos com elásticos. Geralmente, é usado em cabelos crespos. “O acabamento não é tão refinado justamente por causa dos elásticos”, afirma Veríssimo. Essa técnica não apresenta resistência ao calor de secadores e pranchas, pois o material pode derreter.
Prazo: o procedimento pode levar cerca de três horas se todos os fios forem alongados. O intervalo de manutenção é em torno de um mês.

Looks das famosas

Christiane Torloni
Não é a primeira vez que ela recorre às mãos de Flávio Priscott para alongar as madeixas. Quando interpretou a personagem Haydée, na novela América, da Rede Globo, a atriz também passou por lá. Já para dar vida à Tereza Cristina, de Fina Estampa, ela aderiu ao alongamento com polímeros de queratina, que aumentou o volume e o comprimento dos fios. “Christiane virou uma perua translúcida, porque depois de alongar eu colori com quatro tons de loiro e um pouco de descoloração”, conta o profissional.

megahair (4)Adriana Birolli
Foi também Priscott quem modificou o visual da atriz, a Patrícia, de Fina estampa. Nesse caso, o diferencial foi o aplique colocado na franja. “Ela tem redemoinhos na região. Então, a natureza dela não permite ter uma franja, porque o cabelo nasce para trás”, comenta. Para resolver esse impasse, ele colou um aplique com queratina e alongou metade da cabeça para conceder um ar de menina. Para fazer a manutenção da franja, não é necessário cortá-la e, sim, remover o aplique para depois recolocá-lo.

Flávia Alessandra
As extensões não servem apenas para deixar os cabelos compridos. Foi o que aconteceu com Flávia Alessandra, quando ela teve de recorrer ao aumento de fios para interpretar as suas duas Naomis, personagens da novela Morde & assopra. “O cabelo estava do mesmo comprimento sem o megahair. O objetivo do alongamento foi dar volume e durabilidade às ondas da personagem”, conta Milena Oliveira, do Salão Marcos Proença. As mechas foram coloridas antes de serem aplicadas, em um processo que levou cerca de três horas. Para unir os fios, o recurso utilizado foi a cola de queratina.

megahair (7)Guilhermina Guinle
A cabeleireira Gladys, do Gladys Coiffeur, transformou os curtinhos com undercut da atriz em fios longos e ondulados para interpretar a Beatriz, de O Astro. Mais uma vez, o método escolhido foi a cola com polímeros de queratina. “Essa técnica une os fios de modo praticamente invisível”, enfatiza. Gladys explica que é necessário ter pelo menos 5 cm de comprimento natural para realizar o procedimento. Por isso, a parte raspada do cabelo de Guilhermina já estava crescida. Foram necessárias quase três horas para concluir o trabalho, feito com fios naturais e virgens.

Mayana Neiva
A atriz foi revelada com a personagem Desirée, na novela Ti-Ti-Ti, da Rede Globo. Nela, foram utilizadas microtelas costuradas com um fio muito discreto, sem contato com o couro cabeludo. A responsável pela transformação foi a hairstylist Rosa Maria, do RM Mega hair. Ela enfatiza que, nesse tipo de procedimento, é imprescindível fazer a manutenção bimestral, para não correr o risco de os cabelos embaraçarem.

megahair (6)Seja um expert!

Anote na agenda as empresas que ministram cursos de alongamento

A BSG Academy, localizada em Curitiba (PR), inseriu o curso de megahair na grade curricular. As aulas abordam desde a compra do cabelo até a aplicação e as finalizações de cor e corte. O módulo tem carga horária de 16 horas, divididas em duas aulas teóricas e práticas. (41) 3229-2885

A Giambertone, em parceria com a hairstylist Luciana Rosa, da LR Academy, ministra o curso Play Extension, no centro técnico da empresa em São Paulo. (11) 3582-0295 | www.giambertone.com.br

A marca Hot Heads é representada no Brasil pela PanAmerica, que oferece semanalmente cursos no centro técnico de São Paulo. Também há programações itinerantes em outros Estados.
(11) 3549-6363

Os produtos da Great Lengths são distribuídos pela Hair Line Alongamentos, que oferece treinamento para quem adquiri-los. (11) 3816-4838

Confira também:

Tranças afro - Aprenda a fazer tranças afro

Penteado passo a passo: Estilo Clássico

Guanidina estraga o cabelo?

Galeria de fotos:

  • Earth Angels | Vivienne Mackinder
  • Christiane Torloni
  • Flávia Alessandra
  • Mayana Neiva
  • Adriana Birolli
  • Guilhermina Guinle
  • Seja um expert

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se