Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 8

ImprimirOrçamento - O seu melhor aliado

Avalie: 12345

Esta pode ser a sua história ou, com certeza, a história de alguém que você conhece, ou já conheceu:

“O salão, situado em um local de bom fluxo, está sempre cheio e pode ser considerado como um dos mais movimentados de sua região. Ótimos profissionais bem remunerados e bons produtos. As vendas, tanto de serviços quanto de produtos são excelentes; só que, para o proprietário, a sensação é de que trabalha para os outros ganhar dinheiro. As contas são pagas com atraso, as despesas pessoais estão sempre em déficit e o cheque especial é inevitável. Há muito tempo não há condições e nem dinheiro para compras pessoais, viagens, e lazer... nem pensar! Fechando as contas mal dá para saber quanto entrou e, pior ainda, quanto saiu. Há muita vontade de reformar o salão e comprar novos equipamentos, mas cadê o dinheiro?”.

A situação descrita acima está um pouco exagerada, embora seja a realidade de muitos bons salões que padecem pela falta de um orçamento. Por isso, visando orientar o profissional, proprietário ou responsável pelo salão, demonstramos, através de conceitos básicos de Orçamento, que é possível a criação de metas orçamentárias indispensáveis para o sucesso do empreendimento.

ORÇAMENTO

Orçamento é refletir e definir nossos objetivos, adotando ações necessárias para atingi-los. Ele descreve, linha por linha, as principais receitas e despesas para determinado período. O ano é dividido em semanas ou meses, dependendo do fluxo do salão.

QUANDO FAZER O ORÇAMENTO

O orçamento deve ser feito para o período de um ano e revisto de três em três meses. No início, a tarefa pode parecer difícil, mas, quanto mais cedo ela for incorporada à rotina do salão, mais precisas serão as previsões e mais fácil e confiável será o processo de planejamento, melhorando a avaliação do salão.

Sabemos que a grande dificuldade dos salões é a falta de orçamento. Não conseguimos planejar receitas (o faturamento depende do momento – a contratação de um cabeleireiro pode aumentar o faturamento do salão, assim como a saída do cabeleireiro pode diminuir o faturamento) e as despesas não são planejadas, e sim executadas de acordo com o faturamento real do mês.

COMO FAZER O ORÇAMENTO

Ao fazer o orçamento, obedeça a essas diretrizes:

Estabeleça metas realistas – O orçamento deve se basear em metas realistas, mas que constituam desafio para o salão. Assim, se o faturamento cresceu 10% ao ano nos últimos anos, essa meta é possível e provável para o próximo ano e pode ser perseguida pelo salão. Aumento do faturamento em 15% seria uma meta que comporta certo desafio sem deixar de ser realista. Sabemos que a entrada de uma equipe de profissionais (cabeleireiros, manicures e esteticistas) pode aumentar sensivelmente o faturamento do salão, e mudar completamente o orçamento previsto para o período.

Envolva os profissionais certos na elaboração do orçamento para produzir os resultados previstos – Assim, a equipe de cabeleireiros deve possuir a quantidade de serviços executados por dia, mês ou ano, para avaliarmos o crescimento, como por exemplo: determinar quantos cortes foram contabilizados, qual foi o número de clientes atendidas pelas manicures e qual a quantidade de produtos vendidos.

Obtenha a aprovação de todos os profissionais envolvidos – Durante o processo de elaboração, vários argumentos serão discutidos. Por exemplo: você quer atingir um crescimento de 15% do faturamento, mas os cabeleireiros do seu salão acham o valor elevado e pedem que o salão invista em publicidade para divulgação dos serviços e aumento do fluxo de clientes. Passa a existir, então, um acordo virtual, que, por um lado (o do cabeleireiro), implica o compromisso de cumpri-lo e, por outro lado (o seu), o compromisso de fornecer os recursos e de reconhecer os esforços dos profissionais.

VANTAGENS DO ORÇAMENTO

- Permite fazer planos, projeções financeiras e mantê-los atualizados.
- Oferece um parâmetro para avaliar o desempenho do salão.
- Focaliza os profissionais do salão que precisam de atenção e melhorias.
- Aumenta as chances do salão em ter sempre dinheiro disponível em caixa, para benfeitorias e treinamento.

A implantação de um orçamento não vai fazer seu salão obter grandes lucros de uma noite para o dia. Ele serve para melhorar o desempenho cada vez mais, e, através de metas alcançadas, reerguer um salão mal administrado. A única coisa que ele não faz é milagre. Este, só Deus é que faz e para quem merece!


Carlos Oristanio
BSG/DE LA LASTRA - NÚCLEO DE APERFEIÇOAMENTO
e.mail: caorista.fnr@terra.com.br

1 Comentário:

  1. Foto: Jeomar
    Jeomar: 16/04/2011 às 17:45
    Entendemos que o orçamento anual, mensal e até semanal aliadas ao fluxo de caixa são ferramentas essenciais para uma boa administraçao de salao de beleza


Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se