Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 48

ImprimirOriente-se

Avalie: 12345

orientais (1)Está enganado quem pensa que o fio de cabelo oriental não possui as suas peculiaridades. Descubra o segredo deles aqui!

texto: Rebeca Alcoba | fotos: Clive Arrowsmith e divulgação Imagenet

Se ainda não receberam nenhuma tintura, os fios nipônicos são escuros, resistentes e apresentam um brilho invejável. “Os cabelos orientais possuem características específicas, como o fato de serem extremamente lisos e crescerem com maior rapidez”, analisa Patricia Lucena, profissional do Salão Asahi Hair. Por ter essa aparência, muitos acham que madeixas asiáticas são perfeitas e fáceis de lidar. Mas nem tudo são flores! Sidney Fabri, profissional do Soho Itaim, lembra que a maioria deles tem tendência à oleosidade.

Outra característica é a dificuldade de aderência do fio a intervenções químicas. “Se for grosso, o cabelo demora muito para absorver coloração ou permanente, levando cerca de 40 minutos a mais que em outro tipo de fio”, conta Sidney. Patricia explica que isso se deve ao fato de as madeixas com textura grossa terem várias capas de células de cutícula. “Essas células formam a camada externa do cabelo, que constitui a principal barreira de proteção contra agentes químicos e mecânicos”, conta. O aumento do tempo para as reações químicas agirem não interfere na saúde capilar.

É exatamente por essa força nos fios que os asiáticos podem ousar. Assim, a inventividade fica evidente quando se tratam de mudanças radicais. Os orientais são camaleônicos e não têm medo de ousar no corte e na cor. O que dizer da invasão loira no visual nipônico? Antes era impensável ver alguém de olhos puxados ostentando madeixas claras. Hoje, o tom é um dos mais pedidos.

orientais (2)Sidney aponta alternativas para aderir aos loiros sem prejuízos estéticos: “Deve-se evitar a utilização de tonalidades muito acinzentadas, por conta da cor amarela da pele. Por isso, o melhor é investir nos tons acobreados”. Em relação à vitalidade dos fios, ele aconselha manter o descolorante afastado das raízes, para evitar o ressecamento excessivo.

Tratando-se de hidratação, as orientações são investir em xampus que controlem a oleosidade e combater o ressecamento usando máscaras para os cabelos grossos e ampolas para os finos. Nesse caso, deve-se aplicar sempre pouca quantidade dos produtos, para evitar um aspecto pesado.

Guia de corte
As asiáticas costumam ter as maçãs do rosto pronunciadas, e isso interfere diretamente na idealização dos cortes de cabelo. A seguir, estão algumas dicas de visagismo para alcançar a harmonia desejada:

É bom ressaltar que um corte em camadas nas laterais do rosto suaviza as maçãs.
Recomenda-se também desfiar a frente, para diminuir as maçãs pronunciadas. Em seguida, pode-se desconectar os fios com tesoura ou navalha.
Se a intenção é deixar o cabelo curto, deve-se optar, no máximo, pelo comprimento chanel.
Nos penteados, o uso de topetes favorece esse tipo de rosto.
Por último, vale lembrar que as franjas devem ter o comprimento abaixo do queixo.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se