Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 42

ImprimirPelos? Por que tê-los?

Avalie: 12345

depilacao (3)Pusemos as técnicas de depilação em xeque. Descubra quais são os prós e os contras de cada uma delas e prepare-se para desfilar na estação mais quente do ano

texto: Eder Garrido | fotos: divulgação

Se existe um tratamento de beleza que as mulheres consideram um mal necessário, esse
tratamento é a depilação. Afinal, quem nunca respirou fundo antes de ligar para o salão de beleza e agendar uma sessão. Mas já que depilar é preciso, a Cabeleireiros.com fez um dossiê das técnicas, apontando os prós e os contras de cada uma delas, o quanto dói, as restrições e tudo o que você precisa saber antes, durante e depois do processo.

Aos 15 anos se aconselha a primeira depilação. Nessa fase, a mãe é a principal referência da menina e deve explicar todos os procedimentos. Optar pelo método com cera traz muitos benefícios, como pele macia, pelos mais finos, maior intervalo entre as sessões, diminuição da dor nas próximas depilações e menor risco de machucados.

De acordo com Regina Jordão, proprietária do Instituto de Depilação Pello Menos, na hora de escolher o método, é necessário levar em conta a eficácia e o grau de agressão à pele. “A pele reage de diferentes formas no momento da depilação”, diz. Vanda Regina, coordenadora técnica da rede Jacques Janine, afirma que peles escuras têm pelos mais grossos, um fator que deve ser observado.

depilacao (4)Evite pelos encravados
Os pelos encravados – também conhecidos como foliculite – são um problema diretamente ligado a mulheres cujos fios nascem enrolados ou com índices elevados de hormônios masculinos. O segredo para evitá-los é manter a pele esfoliada e hidratada. “Recomendo deixar calças apertadas e meias-calças na gaveta até três dias após a depilação”, diz Renée Gribov, proprietária da marca Depilisa. 
Antes da depilação, Renée recomenda a assepsia da pele com uma loção pré-depilatória, que retira impurezas e elimina o excesso de gordura. Isso auxilia na retirada dos pelos superficialmente encravados.

A foliculite também é responsável por pequenas manchas na pele. Utilizar cera quente sobre lesões preexistentes é o estopim para o surgimento de áreas mais escuras. Samantha Kellman, dermatologista do Hospital 9 de Julho, alerta: “Por estar sensibilizada depois da depilação, a pele não deve tomar sol. Caso seja inevitável, indico o uso de filtro solar.”

Muitas mulheres afirmam sentir mais dor quando se depilam no inverno. Isso acontece porque, em baixas temperaturas, a pele pode ficar mais sensível devido à vasoconstrição, que faz com que seja necessário o emprego de mais força para a retirada dos pelos. No verão, os vasos se dilatam e os pelos saem facilmente.

A sensibilidade e, por consequência, a dor aumentam no período menstrual e nos dias estressantes, quando há mais adrenalina circulando nos tecidos. Gestantes não devem ser submetidas à depilação com cera ou aos métodos que friccionem a pele ou possam causar dor. “O útero é um músculo que pode sofrer contração involuntária no momento da dor”, explica Vanda. Por conta disso, é preferível que as grávidas utilizem métodos superficiais, como cremes depilatórios e lâminas.

depilacao (2)A vez dos homens
Para as mulheres, a depilação não é apenas questão de vaidade, é uma questão de higiene. Não há representante do sexo feminino que se arrisque a colocar um biquíni sem estar com a pele lisinha. A novidade é que cada vez mais homens têm se tornado adeptos das técnicas de remoção de pelos.
Por estética, para se livrar do desagradável odor do suor ou para aliviar o calor, eles já encaram sessões de depilação com frequência. De acordo com Sula Hage, supervisora técnica da Bioage, os homens já relevam a dorzinha desagradável da cera quente em nome da beleza.

Entre as regiões mais depiladas por eles estão as costas, o tórax, as orelhas, o nariz e o rosto. Apesar de os pelos nascerem depressa e mais grossos, fazer a barba com lâmina ainda é comum. Como a pele do rosto é fina, a cera acaba causando dor. “O pelo masculino é mais espesso do que o feminino. Por isso, na hora de ser depilado, exige cuidados especiais, para que não aconteçam trações excessivas e até sangramento”, diz Sula.

Em peles sensíveis é necessário passar produtos preparatórios e ceras especialmente desenvolvidas. A aplicação de creme anti-irritação ou anti-inflamatório após a remoção dos pelos também é recomendada. No rosto, o ideal é utilizar uma máscara com princípios ativos calmantes.

Confira também:

Creme depilatório masculino

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se