Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 45

ImprimirPlenitude dark

Avalie: 12345

Tendência de coloração (2)Os cabelos pretos recuperam a força e o apelo entre as mulheres e estão prontos para voltar ao pódio dos visuais mais desejados

texto: Eder Garrido | fotos: divulgação

Em um mundo onde as loiras são apontadas como as mais fatais, sexy e poderosas, as morenas sentem-se vingadas quando surge uma mulher de cabelos pretos que rouba as atenções. É inegável: fios escuros também são belos e não devem nada às madeixas claras. Duvida? Nicole Scherzinger, ex-vocalista do grupo Pussycat Dolls, é dona de uma cabeleira cheia de brilho e lindamente harmonizada com seu tom de pele. Igual às cantoras Katy Perry e Zooey Deschanel, cujos fios contrastam com a face branquinha e os olhos azuis.

Nicole, Katy e Zooey, assim como Mayana Moura, Cleo Pires e Catherine Zeta-Jones, tiveram um papel importante no resgate da credibilidade dos fios pretos. “Com a variedade de cores oferecida nos salões de beleza, as clientes se encantaram com mechas e jogos de coloração, deixando de lado os tons sólidos”, explica Bruno Fernandes, técnico da VIS. Esse quadro vem mudando, e não são poucas as que redescobriram o poder do cabelão escuro.

Tendência de coloração (3)O brilho intenso que o preto traz aos cabelos acontece graças aos pigmentos escuros, como a melanina, que refletem a luz com facilidade. E isso não tem nada a ver com o mito de que esse tom deixa a fibra capilar mais grossa. O preto natural tem, sim, uma enorme concentração de pigmentos, o que não está relacionado à espessura nem à força. A primeira tem a ver com o diâmetro e a segunda com a quantidade de queratina.

Quando usar?
Como remete a um visual clássico e formal, o preto se encaixa com perfeição em mulheres com poder de liderança, seriedade e força. E, por garantir uma mudança radical, é melhor se preparar para ela, pois o retorno à cor antiga é desgastante para os fios e implica um investimento alto de dinheiro
e tempo. Por isso, o profissional deve verificar se a cliente consegue manter o visual por pelo menos três meses e se o tom combina com sua pele.

Tendência de coloração (1)Nas ponderações iniciais, também está o fator idade. Os profissionais ficam de sobreaviso à menor intenção de unir a coloração preta às mulheres mais velhas. Motivo: a cor salienta marcas de expressão e os temidos fios brancos. Para minimizar esses efeitos, vale investir em pinceladas das cores como castanho-violine e marrom-escuro. “Mechas são lindas e menos extravagantes”, lembra Sionara Bandeira, coordenadora técnica da Keune no Brasil.

Falando em mechas, as vermelhas, acobreadas e marrons só valorizam o visual. Já as loiras claríssimas acinzentadas devem ser evitadas, pois podem parecer grisalhas. Elas só fazem sentido em um cabelo planejado para ser radical, mas é preciso ter domínio da proposta e combiná-la com o estilo de quem vai usá-la.

Quanto aos cortes, as apostas são os repicados e desfiados, que conferem movimento ao visual. Os retos, por sua vez, desvalorizam o conjunto, pois causam uma sensação estática. “Cabelos irregulares, com camadas e franjas,  colocam em primeiro plano o brilho e a saúde do fio”, lembra Leandro Pires, coordenador técnico da Taiff e ProArt.

Como em todos os cabelos coloridos, os pretos também precisam ser combinados de maneira a favorecer quem irá usá-los. De acordo com Sionara, é preciso prestar atenção em alguns detalhes, como pele muito pálida e repleta de imperfeições, que podem ser ressaltadas.

Tendência de coloração (4)Manutenção na cabeça!
Coloração feita, é hora de manter a beleza do look. “Apesar de disfarçar melhor os possíveis danos, o preto é exposto à mesma rotina das demais colorações. Portanto, hidratações semanais, xampus e condicionadores específicos, além de finalizadores com protetor solar são boas pedidas”, diz Bruno.
Quem precisa se expor ao sol deve dedicar uma atenção extra aos cabelos, pois o desbotamento fatalmente acontece, deixando a produção com um tom avermelhado. Para evitar esse efeito, vale lançar mão do filtro solar.

Como é de se esperar do comportamento feminino, porém, um dia o brilho do cabelo preto pode não agradar tanto quanto antigamente. Se a vontade de seguir em frente com outra tonalidade bater, é o momento de conversar com o profissional e estudar o que deve ser feito. Geralmente esse processo se inicia com um teste de mechas, para identificar o tom até o qual os fios poderão ser descoloridos. A partir do resultado obtido, comece a colorir pequenas mechas e vá aumentando com o tempo.
E, se o desejo da loirice aparecer, cuidado! “Depois de colorir os fios de preto, ficar loira na primeira descoloração sem destruir o cabelo é absolutamente impossível”, enfatiza Sionara. Se for essa a intenção, realize o procedimento por etapas, aliando-o a hidratações. Por mais forte que seja a vontade de transformar o visual, a saúde dos fios não pode ser comprometida.

Por isso, se você observar que sua cliente é inquieta em relação à cor dos cabelos, o conselho é realizar o trabalho com tonalizantes, nunca com colorações definitivas.

Galeria de fotos:

  • Imprint | Davines
  • Nicole Scherzinger
  • Zooey Deschanel
  • Cleo Pires

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se