Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 21

ImprimirSecador: use corretamente e potencialize seu trabalho

Avalie: 12345

Indispensável no dia-a-dia do cabeleireiro, o uso do secador requer atenção e habilidade.

Disciplina obrigatória nas escolas profissionalizantes, o brushing ou a famosa escova, é um dos serviços mais solicitados nos salões de beleza. Um estabelecimento de grande porte, como o salão MG Hair Design, em São Paulo, realiza em média 15 mil escovas por mês, fazendo do secador a ferramenta mais importante quando o assunto é cabelo liso e espelhado. Mas, para quem acredita que, já sabe de cor e salteado como usar este importante equipamento, é melhor prestar atenção em alguns detalhes que podem fazer a diferença no seu dia-a-dia.

A escolha de um bom equipamento garante 50% de sucesso. Hoje, as empresas oferecem uma farta variedade de produtos que atendem as necessidades do profissional e do cliente. Os secadores estão mais leves e compactos proporcionando mais conforto e mobilidade ao cabeleireiro. A tecnologia de íons, a grande novidade das empresas, garante que o processo de secagem seja mais rápido, diminuindo de quatro a seis vezes o tamanho da partícula de água. Dependendo do secador, dois tipos de íons podem ser emitidos: os positivos que promovem a abertura da cutícula do cabelo, preparando os fios para tratamentos e os negativos que irão fechar estas cutículas. Ainda há secadores que oferecem a tecnologia da turmalina, um mineral que potencializa a ação dos íons, neutralizando a eletricidade estática dos fios e a nanotecnologia de titânio que realiza uma secagem mais higiênica, deixando os cabelos mais limpos.

Outro fator importante é a temperatura do secador, que irá depender da textura do cabelo e da habilidade do profissional. “No cabelo fino, escolha a temperatura média e distancie o secador dos fios. No cabelo ondulado use o jato de ar quente, aproximando o secador dos cabelos. A temperatura irá dilatar as cutículas, deixando-o mais liso. O jato de ar frio é necessário na finalização da escova, garantindo a neutralização dos fios”, explica Selma Santos, técnica da Taiff.

O cliente que procura o salão de beleza, além da qualidade, busca também rapidez no atendimento, pois além de cuidar das madeixas ele precisa cumprir uma agenda de compromissos no trabalho ou em casa. Para oferecer o melhor serviço no menor tempo, você deve se preocupar com a potência do seu equipamento. Há secadores de 2.400 watts que permitem reduzir, em até 15 minutos, o tempo de trabalho.

Não podemos esquecer que o manuseio diário do secador pode causar algumas complicações que devem ser consideradas. As lesões por esforços repetitivos são cada vez mais comuns nos salões de beleza. O cabeleireiro Willian Masferrer, do SOHO Móoca, quase desistiu da profissão por causa de uma tendinite, quando ainda era assistente. O problema foi contornado com sessões de acupuntura que permitiram Willian voltar a exercer a profissão depois de seis meses de afastamento. “Sou um privilegiado, porque muita gente desistiu e eu lutei contra o problema. Hoje faço o que mais gosto”, analisa.
Muitos profissionais, principalmente em início de carreira, desconhecem a importância de um bom preparo antes de começar no batente. Willian aprendeu a lição e hoje não toca no secador sem antes passar por uma boa seção de alongamento.

Dicas profissionais

O cabeleireiro e técnico da Pro Art, Leandro Pires, e a técnica da Taiff, Selma Santos, elaboraram algumas dicas que vão facilitar seu trabalho.

Após lavar os cabelos com xampu adequado, retire a umidade dos fios. Caso seja necessário, use um defrizante.

Antes de começar a escova, faça a divisão do cabelo para facilitar o trabalho. Separe a parte frontal e divida a parte de trás em dois, deixando os fios da nuca soltos.

Mantenha o secador inclinado com uma distância mínima de 3 cm. Siga da raiz em direção às pontas. Escolha uma boa escova, ela é sua grande aliada.

Para garantir um trabalho mais limpo e bem acabado, trabalhe sempre com mechas finas. Caso perceba que a mecha está seca, pegue uma toalha umedecida e modele novamente. Nunca solte a mecha que você está trabalhando antes de verificar se realmente está seca.

Ao trabalhar com a parte lateral, siga sempre a nascente do cabelo. A escova e o secador acompanham essa divisão.

Para trabalhar com a franja, use temperatura e velocidade mais baixa. A área requer cuidado especial por estar próxima da região do rosto.

A escova posicionada por cima da raiz promove alisamento retirando volume.

A escova posicionada por baixo da raiz garante maior volume. O secador deve ser colocado sempre por cima da mecha.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se