Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 44

ImprimirSonho, pesadelo e balé

Avalie: 12345

cisne negro (3)Com maquiagens arrasadoras, Cisne Negro aborda a relação próxima que a dedicação pode ter com a paranoia quando se busca o sucesso

texto: Éder Garrido | fotos: divulgação

Nina (Natalie Portman) é delicada, fala baixo, tem uma conduta corretíssima e dedica-se como poucas aos ensaios da companhia de balé da qual faz parte. Seu apuro técnico é impressionante e, na sua visão, é o suficiente para torná-la a grande estrela de O Lago dos Cisnes, no qual a mesma bailarina interpreta o cisne branco e negro. Seu problema – e tormento – está no fato do coreógrafo (Vincent Cassel) não ter a mesma visão. Para ele, a performance de Nina do cisne branco é imbatível, mas inadequada para o negro, uma espécie de contraponto do primeiro.

Decidido, sensual e com displicência atrevida, adequar-se a ele é o grande desafio de Nina em O Cisne Negro (Black Swan), novo filme do diretor Darren Aronofsky. Mas se fosse apenas um desafio seria fácil. O papel torna-se uma obsessão e também o responsável pela perda de sanidade da protagonista. Não importa a técnica nem a perfeição: importa apenas a entrega ao perso-nagem, e isto Nina não consegue alcançar.

cisne negro (2)Tudo desaba quando surge no balé Lily (Mila Kunis), uma bailarina jovem, linda e com uma rebeldia camuflada na medida para o papel do cisne negro. Nina entra em colapso mental, o que a força a entrar em contato com suas barreiras, medos e impulsividades a ponto de torná-los quase palpáveis.

A essa altura, seu quarto cor-de-rosa e seus bichos de pelúcia não servem mais como válvula de escape. Para a vitória, ela precisa ser algo que nunca foi. Pressionada principalmente por si própria, ela sente os efeitos colaterais em um jogo de realidade e delírios que lhe foge ao controle.

Em meio à dinâmica frenética do filme, as maquiagens detalhistas usadas por Nina são um espetáculo à parte. Inteiramente branca ou com os olhos pretos acompanhados por detalhes brilhantes, elas mostram que a atuação de maquiadores só tem a acrescentar ao trabalho dos cineastas. Chama atenção também o tom roxo de batom, sucesso na última SPFW.

cisne negro (4)No filme, Aronofsky coloca a paranoia outra vez em cheque. Assim como em seus demais trabalhos, Pi e Réquiem para Um Sonho, ela também está ligada ao êxito profissional e ao status. Ponto do diretor e de Natalie Portman, que já ganhou o Globo de Ouro, o BAFA e o Screen Actors Guild, e tem tudo para levar a estatueta de melhor atriz do Oscar 2011.

Galeria de fotos:

  • Cisne Negro
  • Cisne Negro
  • Cisne Negro
  • Cisne Negro

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se