Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 40

ImprimirTécnicas de corte e cor

Avalie: 12345

Técnicas de cor e corte (1)Profissionais renomados opinam sobre os pontos fortes e fracos de técnicas de corte e coloração superusadas nos salões de beleza

texto: Juliane Pereira | fotos: Clive Arrowsmith, James Rudland, Charlotte Kibbles e Luis Vidal

A cada estação, várias novidades aparecem nos salões de beleza. As semanas de moda apontam as cores que estão em alta, cabeleireiros aprendem novos truques e as empresas cosméticas apresentam tendências diversificadas. Mas o que adotar no dia a dia? Como deixar o cliente com o visual desejado? Qual é a melhor técnica para cada tipo de cabelo? Quantas dúvidas!

Realizar um curso de aperfeiçoamento para cada técnica seria uma verdadeira maratona. Por isso, selecionamos alguns experts para dar dicas sobre algumas delas.

Técnicas de cor e corte (2)Navalha: uma questão de leveza
“Transforme suas mãos em plumas quando o corte for realizado com a navalha”, ensina Eron Araújo, cabeleireiro do Studio W Iguatemi. Na opinião do profissional, o trabalho tem mais vantagens do que desvantagens e favorece qualquer tipo de mulher, tenha ela o rosto redondo ou alongado. A única ressalva é quanto à textura dos fios: “Cabelos finos devem ser desfiados nas pontas, proporcionando leveza e volume. Já os grossos podem ser desfiados desde a raiz, o que diminuirá o volume”, aconselha.
Além disso, ele detalha as diferenças entre navalha, navalhete e tesoura, que geram uma confusão comum. “Todas têm a mesma função: cortar os cabelos. Porém, a navalha tem o fio de corte mais fino que o da tesoura, e a navalhete é intermediária”, define.

Uma das ressalvas com relação ao uso da navalha e da navalhete é utilizar uma única lâmina em várias clientes, pois em determinado momento ela raspa o fio sem cortá-lo. Segundo Eron, outro grande problema é a “mão pesada”, que pode ocasionar buracos nas madeixas, muitas vezes incorrigíveis. Se o erro for cometido nas nucas média ou alta, há poucas opções: realizar um corte curto ou permanecer com o problema.

Técnicas de cor e corte (3)Descoloração: transformação radical

Miranda Priestly, a editora de moda interpretada por Meryl Streep no filme O Diabo Veste Prada, mostrou todo o potencial do look platinado, que hoje está entre os queridinhos das adolescentes. Mas, apesar de bonita, essa tendência precisa de atenção na hora de cuidar dos fios. “O ponto fraco do estilo é que a descoloração pode deixar os cabelos elásticos e ressecados, pois os produtos utilizados possuem uma mistura de bases alcalinas e oxidantes”, explica Glauco Braga, técnico da Wella Professionals.

Confira também:

Dicas de mechas californianas

Reparador de pontas, afinal, vale a pena usar?

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se