Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 45

ImprimirUm brasileiro no topo do luxo

Avalie: 12345

trajetória_de_sucesso (1)Gil Gonçalvez é o único brasileiro a fazer parte do time de profissionais do Urban Retreat, salão de beleza que atende a família real britânica

reportagem: Liana Pires | texto: Renata Vieira | fotos: Diego Mascarenhas e Moisés Moraes

Um templo de glamour, bem-estar e luxo! Essa é a primeira definição que passa pela cabeça de qualquer turista quando visita a Harrods, a maior loja de departamentos de Londres, avaliada em 1,5 bilhão de libras. É lá que estão reunidas as marcas mais caras do mundo, onde um simples xale de lã pode custar o equivalente a quase 4 mil reais. Claro que a etiqueta Yves Saint Laurent explica bem a supervalorização.

Dentro dos 4,5 acres da Harrods há um espaço exclusivo para as clientes cuidarem do bem-estar. É o Urban Retreat, salão de beleza que é associado sempre ao máximo: máximo de requinte, máximo de beleza, máximo de conforto. Não é à toa que alguns de seus profissionais têm acesso ao Palácio de Buckingham para tratar dos cabelos da família real inglesa.

trajetória_de_sucesso (2)Uma curiosidade mais que interessante é que até o banheiro funciona como um verdadeiro ponto turístico. As pessoas pagam 1 ou 2 libras para conhecer. O olfato mais famoso do mundo, do especialista em fragrâncias Roja Dove, também é encontrado no Urban Retreat. A partir de 20 mil libras é possível viajar com o perfumista para verificar os odores e criar uma fragrância exclusiva. Jennifer Lopez e Jennifer Aniston costumam visitar o Roja Dove Haute Parfumerie.

E todo esse glamour também tem um gingado tupiniquim. O mineiro Gil Gonçalvez, especialista em escovas e alongamentos, mora há 23 anos em Londres e é o único brasileiro a trabalhar no local. Como ele foi parar lá? Simplesmente levou nossa famosa escova progressiva para Londres, ideia que teve depois de entender o jeito das inglesas e perceber que quase todas têm cabelos com tinta e progressiva. O mineiro foi para a Europa sabendo somente o “good morning” diário e teve que aprender a língua no dia a dia e nos seis meses de curso de inglês. “Já era profissional em Niterói, mas, quando cheguei aqui, percebi uma grande mudança. No Brasil, todo mundo, até os profissionais de beleza, tem cabelão. Aqui é diferente, os clientes são mais ousados”, observa.

trajetória_de_sucesso (3)Gil chegou em um domingo e já na segunda-feira começou a trabalhar em uma barbearia. “Só cortei cabelo de homem por cinco anos, e foi naquele salão. Como não sabia inglês bem, os clientes pediam o corte, eu falava o.k. e fazia o que imaginava que haviam pedido. Dava certo!”

A nova vida em Londres
Os brasileiros fazem escova melhor que os europeus. Por isso, para esse procedimento, as clientes sempre pedem um profissional do País, árabe ou marroquino. E por isso Gil faz sucesso. Para fazer parte do time do Urban Retreat, ele foi convidado a participar de uma entrevista. Na ocasião, é preenchida uma ficha com dados pessoais. São checados desde informações profissionais e especializações até antecedentes criminais e o perfil no Facebook.

Passada a fase inicial, é hora do teste prático. O candidato é avaliado pelo gerente e por profissionais mais antigos. Depois de ser aprovado, acontecem dois dias de treinamento e, após a contratação, mais um desafio: manter a “estica” no figurino e no modo de agir.

Clientes e proprietários do salão esperam ter funcionários elegantes e, por isso, é necessário trabalhar vestido de maneira clássica. As mulheres com sapatos de salto alto (nunca de sandálias), enquanto os homens usam blazer todos os dias. “É um ambiente diferente. Às sextas, tem duas mulheres cantando ópera nas escadas”, relata Gil. Cada um possui um cartão para entrar com a bolsa. Quem não tem precisa deixá-la no piso térreo da Harrods.

trajetória_de_sucesso (6)A remuneração também é muito acima da média. Gil tem direito a 20% de tudo o que vende. “Tem cliente que dá 100 libras de gorjeta. Atendo várias princesas árabes. Se elas gostam de você, te levam para viajar para Dubai, Abu Dhabi...” Há mulheres que gastam 100 mil libras por semana em serviços de beleza.

Um dia vão lavar; no outro, escovar; de dia, fazem um make-up para um almoço com as amigas e, à noite, voltam para retocar e jantar com o marido. Recentemente, uma cliente ofereceu ao brasileiro um helicóptero para que ele chegasse até ela. Por isso tudo, Gil acredita que o Urban Retreat é ótimo para fazer contatos.

Se o cabeleireiro for esperto, fica um ou dois anos para formar clientela e já tem como sair para trilhar o próprio caminho. Ele teve um salão em Londres por sete anos chamado Hair Brasil. Mas, como viajava muito, entrou em conflito com a sócia. Hoje, coordena uma equipe de 11 pessoas. Atualmente, Gil tem sete irmãos morando em Londres e apenas um que permaneceu no Rio de Janeiro. Duas de suas tias são cabeleireiras. Para o futuro, sonha em continuar no Urban Retreat, mas com um espaço diferenciado, só para escovas progressivas.

trajetória_de_sucesso (4)Espaço da beleza
Mais de 90 salas de massagem, 330 funcionários, 35 estações de corte e clientes com hora marcada de dez em dez minutos. Essa é a gigantesca estrutura do Urban Retreat, que ocupa todo o 5º andar da Harrods. Um salão clássico, onde as pessoas mais ricas do mundo são atendidas. É o quartel-general dos árabes milionários.

Apesar do glamour, podem ser encontrados cortes de 34 a 95 libras. O que não é tão caro se comparado a outros espaços de beleza da região, que cobram 300 libras pelo serviço. Os preços são divididos pelo tempo de casa do profissional. Quanto mais novo é o cabeleireiro no salão, mais barato ele cobra. Um senhor que trabalha na Harrods há 35 anos é o responsável por fazer o cabelo da rainha da Inglaterra.

trajetória_de_sucesso (5)Na recepção, há uma mesa enorme de madeira rústica pintada de branco, bem no centro das vitrines com produtos de revenda, como o Crème de La Mer, o mais caro do planeta. Nesse ambiente, o cabeleireiro pode sentar com o cliente, entender o que ele deseja e explicar procedimentos. Em uma parte reservada, a vitrine de perucas. Tudo muito moderno. A parte de manicure e pedicure também é separada, fica no piso superior. Há uma sala especial para noivas, que geralmente investem mil libras só para penteado e maquiagem.

É comum também fazer a produção para aniversários de 16 anos, a festa que por lá é o sonho de muita gente. Muitas celebridades são cuidadas em casa ou em hotéis. Mas aquelas que resolvem ir pessoalmente vão sossegadas. No local, paparazzi não entra. Os seguranças têm fotos de todos eles. O que falta em um lugar como esse? “Uma padaria para cachorros! Isso seria uma boa ideia”, brinca Gil.

Confira também:

Escova de verniz

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se