Matéria da Revista Cabeleireiros.com - Edição 5

ImprimirUm salão ideal é possível

Avalie: 12345

O título poderia ser: Um Salão Perfeito. Mas não seria verdadeiro, pois, a busca pela perfeição deve ser uma constante. Portanto, um salão ideal vem a ser aquele que, através de um aprendizado contínuo, oferece serviços qualificados e diferen-ciados, conseguindo alcançar o sucesso como um todo. Um grande salão requer competência em todos os níveis. Do atendimento ao serviço prestado, onde a satisfação do cliente seja o objetivo fundamental. Curiosamente, a maioria das reclamações é causada pelo atendimento inadequado. Nada justifica, em plena globalização do mercado, um fato realmente contraditório: apesar de todos os meios possíveis e imagináveis de se conhecer e bem servir o cliente, nunca como agora os consumidores estiveram tão insatisfeitos. Por quê? Competência, Disciplina e Harmonia devem andar juntas. Unir a teoria à prática nem todos conseguem. Em se tratando de salões de beleza não é diferente. Excelentes profissionais e ótimos serviços nem sempre andam juntos. No Brasil, os profissionais de beleza estão cada vez mais preparados e especializados tecnicamente. Para isso contam com inúmeros recursos: boas marcas, bons produtos, cursos, workshops, eventos de nível internacional, enfim, todas as tendências mundiais de beleza estão ao alcance de todos sem que ninguém tenha que sair do país. Sendo assim, não questiona-se a capacidade nem o desempenho profissional. Trata-se do funcionamento no dia a dia dos salões, o que não depende unicamente de uma só pessoa ou de um fator isolado. Todo cliente é especial e deve ser tratado como tal. Da recepção ao cabeleireiro, todos têm que desempenhar a sua função de maneira que propicie a excelência em serviços e o alcance das metas traçadas. Tudo isso num ambiente harmonioso e agradável. O alicerce de um salão: uma equipe afinada O bom funcionamento de um salão depende de uma equipe bem treinada, onde cada elemento consciente da sua função a exerça com competência. E à frente dessa equipe o gerente, que na maioria das vezes é o próprio dono do salão. Gerenciar um salão de beleza é um desafio constante Em todo empreendimento deve haver um comando. E comandar um salão nem sempre é fácil. O gerente de um salão deve ser como o maestro que rege uma orquestra sem permitir que nenhum músico desafine. Para desempenhar esse cargo com sucesso cabe ao gerente: - Formar uma equipe (recepcionistas, vendedores, cabeleireiros, auxiliares etc.) onde cada um tenha uma função bem definida. - Treinar essa equipe de forma que o desempenho profissional atinja o grau desejado. - Exigir o cumprimento do que ficou estabelecido. - Liderar a equipe de uma maneira firme, evitando a todo custo desavenças e intrigas, definindo as palavras COMPETÊNCIA, DISCIPLINA E HARMONIA como sinônimos de sucesso. - Avaliar constantemente os resultados, levando em conta que não é fácil alterar o comportamento de uma equipe (as pessoas são resistentes a mudanças). Essa avaliação engloba: atendimento, desempenho, atualização e a organização como um todo. O responsável por cada seção deve mantê-la sempre em ordem, impecável. Se você é dono de um salão, ou pretende ser, saiba que um salão ideal é possível sim. Para que isso aconteça delegue responsabilidades a funcionários bem treinados, em cada área específica, exigindo profissionalismo e dedicação, enfatizando a prioridade máxima do seu salão que é a satisfação total do cliente, através de um atendimento personalizado e único. Colocar em prática o funcionamento adequado de um salão não depende apenas de uma boa direção. Organização, marketing, relações humanas e funcionários bem treinados são indispensáveis mas, mesmo assim, se não houver um aprendizado constante através da reciclagem e atualização dos serviços, não se consegue um pleno êxito. Um profissional de beleza, como qualquer outro, nunca sabe tudo o que se refere à sua profissão. A cada dia surgem novas técnicas e métodos diferentes, fazendo de cada profissional um eterno apren-diz, sem esquecer que todo apren-dizado, que almeja o sucesso, baseia-se no seguinte tripé: A competência exige treinamento. A disciplina exige responsabilidade. A harmonia exige profissionalismo. E o sucesso de um negócio exige competência, disciplina e harmonia.

Deixe um comentário:



Buscar

Notícias

Newsletter

Assine e receba as novidades da revista em primeira mão.



Publicidade


Revista Cabeleireiros.com

Login Cadastre-se